Gata encontrada desnutrida recebe ajuda a tempo para seus filhotes nascerem saudáveis

Por
em Notícias

Jamie Myers, de Spokane, Washington (EUA), e a sua família estavam acampando em um final de semana quando a sua filha, de 10 anos, viu um gatinho vagando pela área. A família, que comumente ajuda e abriga temporariamente animais em sua casa, foi imediatamente procurar pelo gatinho abandonado.

“Descemos do trailer e corremos de volta para a estrada por onde seguíamos, para procurar esse gatinho misterioso que estava no lugar errado. Várias centenas de metros atrás, encontramos um tubo de drenagem sob a estrada e vimos dois olhinhos olhando para nós naquele tubo”, disse Jamie ao Love Meow.

A gata estava desnutrida e assustada, mas era mais dócil do que a família poderia imaginar. Bastou oferecer um pouco de comida que a felina deixou o tubo e se aproximou faminta. Apesar de estar muito magra, Jamie percebeu que a felina não estava sozinha, ela estava grávida.

Com um pouco de carinho, a família conseguiu resgatar a gatinha e levá-la para o trailer, onde passou o resto do final de semana.

Depois, ela foi levada para a casa de Jamie, onde recebeu todo o suporte de que precisava: comida à vontade, uma cama quentinha e confortável, além de muito amor.

Caki, como foi nomeada pela família, se sentiu à vontade no novo lar desde que chegou e era carinhosa com todos, especialmente com a filha de Jamie. Poucos dias depois, Caki finalmente deu à luz.

“Poucos dias depois de trazê-la para casa, ela compartilhou seu segredo conosco e nos abençoou com seis novos filhos. Sentimos muita alegria em ajudá-la a criar seus bebês em um lar seguro, amoroso e feliz”, disse Jamie.

Todos os filhotes nasceram lindos e saudáveis, mas por conta da situação precária que Caki estava quando foi encontrada, ela não produziu leite o suficiente para alimentá-los. Então a família teve que ajudá-la dando mamadeira para os gatinhos.

“Ela foi uma mãe incrível, sempre soube onde estavam seus filhos e fez o melhor que pôde por eles. Ela falava muito, falava com eles constantemente”, contou Jamie.

A mamãe Caki se mostrou muito afetuosa e coruja com os seus bebês, que se desenvolveram satisfatoriamente bem. Assim que ganharam peso e idade o suficiente, Jamie disse que eles foram adotados.

“Dois deles até ficaram com o nosso veterinário. Agora é a hora de encontrar, para essa doce mãe, seu lar para sempre”, afirmou.

Feliz por ter ajudado a salvar não uma, mas sete vidas, Jamie comemora o progresso dessa família e espera que Caki encontre um lar eterno para lhe dar todo o amor e suporte que ela merece.

Vídeo: ajudando um gatinho filhote

Gato recém-nascido é a coisa mais fofa! E o que fazer se você encontrar um recém-nascido sem a mãe?

Kikinha Arteira mostrou a evolução do Paçoca, um filhote fraco e desnutrido, pois sua mãe não tinha leite para amamentá-lo e, com cuidado e amor, o gatinho se desenvolveu. Confira!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com