Galo assume o papel de mãe para três pintinhos após galinha falecer

Por
em Notícias

Podemos até conhecer a natureza pelo seu histórico, mas isso não significa que ela não possa continuar nos surpreendendo. Nesse caso, considerado raro por especialistas, um galo assumiu o papel da galinha e passou a proteger três pintinhos que ficaram órfãos em Montes Claros, Minas Gerais.

A proprietária dos animais, Maria Margarete Maia, que vive na Fazenda Sapé, diz que o galo assumiu o papel espontaneamente assim que os pintos perderam a mãe, há cerca de três meses.

“A galinha adoeceu e morreu, aí ele assumiu os pintos da galinha e tá até hoje”, contou Maria ao G1.

Desde então, a cena mais vista por Maria é o galo ciscando ao lado dos pintinhos e os acolhendo sob as suas asas ao entardecer, algo muito mais comum entre a galinha e os seus filhotes. Mas não dessa vez. Agora, ele é conhecido como o ‘super pai’.

Parecer técnico

O especialista Fernando Mendes, que é extensionista da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater–MG), disse que casos como esse são raros, mas que há uma explicação biológica para o comportamento.

“Alguns especialistas atribuem essa alteração nesse comportamento devido à questão hormonal, principalmente com o aumento da idade, a genética e até problemas nas glândulas reprodutoras”, detalhou ao G1.

Para saber mais sobre esse galo 'super pai' assista a reportagem completa, clicando aqui.

Vídeo: galo criando pintinhos

O galo de dona Maria, não é o único que assumiu o papel de 'super pai'. Na reportagem do Jornal A Nossa Voz, a propriedade da família do Sr. Celson Coelho, no povoado de Boa União, zona rural de Barrocas, Bahia, a galinha abandonou seus pintinhos e o galo assumiu o papel de protetor. Confira!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com