Mulher visita túmulo do pai e encontra cachorro dele deitado em frente a jazigo

Por
em Cães

Prontos(a) para se emocionarem? Então preparem o lencinho, pois a atitude do cão Fulmine certamente vai tocar o seu coração! O cão, que ficou com o coração partido desde que o seu dono Leonardo Sechi, morreu, encontrou - misteriosamente - o caminho até o seu túmulo no cemitério.

Fulmine, que vivia com o dono na Itália, era muito apegado a ele, mas Leonardo enfrentava uma árdua doença a qual ele não resistiu e faleceu recentemente. Fulmine então passou a viver com a filha de Leonardo, Sara, mas isso não impediu o cão de esquecer do seu amado dono, pelo contrário.

Um dia após o funeral de Leonardo, Sara e o seu filho foram levar flores no cemitério, distante cerca de 3 km, e para a surpresa de ambos, eles encontraram Fulmine lá, em frente ao jazigo do Leonardo. O mais surpreendente disso tudo é o fato de o cão nunca ter ido até o local, portanto, como ele soube chegar até o exato lugar que Leonardo foi enterrado?

“Não esperava encontrá-lo lá. Ele não esteve no funeral. Não tenho ideia de como ele sabia para onde ir. Gosto de pensar que ele é guiado por seu amor por meu pai. Ou que meu pai o levou até lá. É uma daquelas coisas estranhas sem uma explicação real”, declarou Sara ao The Dodo.

Essa, no entanto, não seria a única visita de Fulmine até o seu amado dono. Alguns vizinhos relataram ter visto o cão fazendo o mesmo trajeto nos dias a seguir. Mesmo morando com Sara e sua família, Fulmine mantém o ritual de fazer companhia ao seu antigo dono, que temos certeza, não será esquecido.

“Eles eram muito afetuosos. Eles estavam sempre se abraçando. Fico emocionada ao pensar no quanto meu pai amava Fulmine e no quanto Fulmine o ama. É triste vê-lo de luto, mas aos poucos vamos superar esse momento triste junto”, afirmou Sara.

É, tem coisas que nem o entendimento humano é capaz de explicar...

Vídeo: lealdade canina

Impossível não se emocionar com o filme 'Sempre ao Seu Lado', em que um professor falece e o seu cão da raça akita permanece esperando-o no mesmo local de sempre: na estação de trem. Se você não assistiu, fica a dica.

Os cães são leais aos seus donos, independente das circunstâncias. Ser amado e bem tratado faz deles um amigo fiel e seus feitos tem sido evidenciados com notícias e vídeos. A compilação de vídeos da Teddy A&B, emociona com cenas de cães que não deixaram seus donos depois de mortos. Confira!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com