Com 26 animais adotados, mulher transforma a sua casa para abrigá-los

Por
em Cães

O amor de Nicole Wulfekuhle, 50, por animais foi o ponto de partida para fundar o seu próprio santuário, nomeado de Lennon’s Legacy (Legado de Lennon, em tradução livre) que conta com 26 animais - 20 gatos, dois cães e duas cabras - todos resgatados.

Nicole, natural do País de Gales, vive em Minnesota, Estados Unidos, com o seu marido Dean, que ficou tetraplégico após um acidente de carro ocorrido em 1993. Além de um casamento e filhos, o casal divide o amor pelos animais, entre eles o cachorrinho Jude, um filhote de pit bull que não possui olhos.

Segundo o Metro, Jude foi encontrado em condições lastimáveis, desnutrido, com problemas físicos e com os olhos rompidos, possivelmente causado por negligência, que tiveram que ser removidos. Além disso, Jude possui a doença de Blount, caracterizada pela alteração no desenvolvimento do osso da canela, levando à deformação progressiva das pernas.

Ao saber do caso, Nicole sabia que precisava cuidar dele e, desde março de 2020, Jude passou a viver com a família. Apesar da limitação física, Nicole afirma que ele é muito esperto e só teve progressão desde a sua adoção.

“Jude é um menino feliz e inteligente que não tem ideia de que é cego. Ele passeia pela casa e pelo jardim muito bem, usando as orelhas e o nariz como olhos. Ele é um dos cães mais afetuosos que já conheci”, disse Nicole ao Metro.

Jude tem sido uma verdadeira inspiração para Nicole e, mesmo sem ver, Jude tem uma personalidade adorável e adora passar um tempo com os outros animais do santuário, ele chegou a ajudar o gatinho Oscar a superar o luto da perda do seu melhor amigo canino (você pode conferir, logo abaixo, a matéria completa de Jude e Oscar). Além disso, ele desenvolveu muito bem outros sentidos como o olfato e a audição.

Nicole cuidou de outros animais com deficiências, incluindo Lennon, cujo cão indiano era cego e surdo, mas morreu pouco tempo depois de chegar nos Estados Unidos. A sua história serviu de inspiração para a criação do santuário. O comprometimento em ajudar a transformar a vida de animais, sobretudo aqueles que carecem de cuidados especiais, continua e felizmente Jude é um dos beneficiados.

“Eu fiz a ele uma promessa de que ele nunca conhecerá outro dia sem amor e sua vida terá importância. Se ele faz apenas uma pessoa sorrir por dia, então sua vida tem sentido e propósito - e ele certamente nos faz sorrir. Ele pode e ser teimoso, determinado e travesso - como qualquer cachorrinho - mas ele é muito amoroso”, completa Nicole.

Plataforma auxilia donos com dicas para cuidar melhor dos seus cães cegos

A cegueira em cães é mais comum do que se imagina e, embora alguns donos encontrem dificuldades em adaptar os cuidados com os seus animais, o que coopera - em alguns casos - a somar o percentual de 10% de cães cegos que são abandonados, há plataformas que auxiliam nesses cuidados.

Confira na reportagem abaixo, produzida pela TV Brasil, mais sobre essa plataforma criada por uma fabricante de rações, além de dicas do médico veterinário Jorge Ferreira.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com