Dona compartilha vídeo emocionante do progresso seu cão desde o dia que o adotou até o momento atual

Por
em Notícias

Quando Kelly Fitzsimons, da Irlanda, adotou o cãozinho Walt, uma mistura de jack russell e beagle, de aproximadamente um ano, ele estava completamente assustado e introspectivo. Kelly, que é muito ativa nas redes sociais, fez questão de registrar vários momentos pontuais desde o dia que levou Walt para casa até o momento atual, seis semanas depois.

No vídeo que Kelly compartilhou nas redes sociais no dia 20 de março, montado a partir de um compilado de registros, é possível ver a evolução comportamental de Walt, que varia do medo até a alegria incontida por ter uma família de verdade.

Segundo o portal Peru 21, quem também tem participação especial na curta trajetória de Walt, é a canina chamada Missi, de 15 anos. Recentemente ela passou por vários problemas de saúde, precisou ficar internada por semanas e a dona chegou a pensar que seria o seu fim. Felizmente ela mostrou ter muita garra, se recuperou e foi super receptiva com o novo maninho.

“Seis semanas de Walt! Minha pequena bola de demolição - ele é a maior bola de afeto. Os animais são sensíveis e sabem quando chegam a um lugar seguro e amoroso. Eles irão retribuir você com amor e lealdade que dura a vida toda”, escreveu Kelly na legenda da publicação.

Confira o vídeo:

O progresso de Walt emocionou milhares de pessoas e a constatação disso é a repercussão que o vídeo teve apenas no TikTok. O clipe acumulou 2, 6 milhões de visualizações, mais de 305 mil curtidas e 14,4 mil comentários. Impossível não celebrar a conquista, por menor que pareça, de um cãozinho que ganhou um lar e conseguiu amar e se sentir amado.

Vídeo: como acabar com o medo do seu cão

O terapeuta canino, atuante no ramo da psicologia canina, Jean Cloude, do canal ‘Cão Equilibrado’ mostra de forma prática algumas dicas que podem ajudar a acabar com o medo de cães.

Confira:

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com