Pastor organiza cerimônia fúnebre memorável para seu cachorro pug

Por
em Notícias

O pug Dexter Beville de 7 anos, que reside em Allentown, Pensilvânia, nos Estados Unidos, faleceu no dia 27 de abril e o seu tutor, Tim Beville Jr., pastor e pregador, fez uma cerimônia memorável em sua homenagem. E compartilhou algumas fotos do momento em seu Facebook.

Perder uma pessoa ou um bichinho de estimação é uma dor inexplicável, e tudo que puder ser feito para amenizar a dor é válido. Tim optou em fazer uma cerimônia fúnebre digno de rei para se despedir do seu amado cãozinho.

O pregador não poupou em detalhes na decoração do velório. Um caixão forrado de cetim ficou sobre uma mesa disposta no centro da sala, um tapete com a imagem de Dexter pendia do teto atrás do caixão, lindas flores circundavam o redor da mesa e duas televisões - cada uma disposta em uma lado da sala -, passavam fotos do pug.

O pequeno peludinho foi cuidadosamente colocado dentro do caixão. Sua cabeça repousava em um ursinho de pelúcia, no seu pescoço foi colocado uma gravata borboleta com o pingente do seu nome, e seu minúsculo corpo estava envolto de um cobertor, todos os objetos no tom de azul. Pasma com tamanha delicadeza!

Na entrada, sobre um aparador havia a foto de Dexter, os convidados assinaram um livro de presença e receberam um folder com instruções da cerimônia. Na capa estava impresso o rosto do peludinho e na contra capa uma foto de Dexter e Tim.

"Obrigado a todos que vieram hoje à noite para se despedir de Dexter! O amor é tão apreciado!", escreveu Tim.

Dexter entrou na família em 2014 com nove semanas de vida, filho do falecido Galaxy e Leinda Rockmore, segundo o obituário. E veio a falecer de uma doença não revelada.

“Ele adorava cantar junto com os vídeos do YouTube. Não importa o que fosse, ele sempre cheirava antes de comê-lo, ele adorava brincar com brinquedos azuis mais do que qualquer outra cor”, escreveu Tim.

A publicação do pastor não passou desapercebida e obteve 54 mil reações, 86 mil compartilhamentos e alguns comentários de internautas arrebatados com a cerimônia.

"Minhas condolências a você pela perda de Dexter!", se solidarizou uma.
"Ele está em paz e no céu", confortou um segundo.
"Dexter se foi, mas sua memória viverá para sempre", consolou um terceiro.

Dexter deixou várias pessoas para trás, incluindo seu segundo “humano” favorito, Devin, a equipe da funerária e “uma série de amigos da comunidade”. Segundo o New York Post, o corpo de Dexter foi cremado e colocado junto com o da sua mãe e quatro irmãos.

Vídeo: jovem adota filhote doente que cresce e vira um pit bull gigante

VOTE NO AMO MEU PET COMO MELHOR PERFIL PET:

Estamos concorrendo ao Prêmio iBest desse ano. Contamos com seu apoio para chegarmos no TOP 10 de perfis selecionados.

Acesse o link clicando aqui e deixe seu voto.

Após 24 horas, você pode votar novamente!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo