Pit bull que sofria de ansiedade melhorou depois de ganhar dois novos irmãos gatos

Daisy sofria de ansiedade toda vez que sua dona Rosmarie saia de casa, mas melhorou com a presença de Hummus e Honey.

Por
em Aqueça o coração

Uma pit bull chamada Daisy ficava muito ansiosa toda vez que sua dona Rosmarie saia de casa. Mas, isso mudou depois de ganhar dois novos irmãos felinos, Hummus e Honey.

Quando Rosemarie passeava com a canina pela manhã, ela não queria mais voltar para dentro de casa, pois sabia que iria ficar sozinha.

Além disso, Daisy bloqueava a porta quando achava que sua tutora fosse sair.

“Algo deve tê-la realmente assustado. Desde então, ela não gosta de ficar sozinha em casa. Ela sofre de ansiedade de separação”, disse Rosemarie em entrevista ao site MEW Cole & Marmalade.

A pit bull foi levada a um veterinário comportamental que receitou medicamentos para controlar sua ansiedade, no entanto, não foram muito eficazes.

No ano novo, o gato de 20 anos de Rosemarie chamado Fluffy veio à falecer.

Foi quando o voluntário da American Society for the Prevention of Cruelty to Animals (ASPCA), uma ONG dos Estados Unidos, soube da história e decidiu levar dois gatinhos para ela.

Mal sabia ele que Hummus e Honey mudariam a vida da pit bull. Os três viraram grandes amigos, a dona chegou a comentar que Daisy se deu melhor com eles do que com os outros cães.

Ela começou a dormir ao lado dos gatinhos e deixá-los rastejar sobre ela.

“Acho que ela sempre quis ser mamãe”, disse Rosemarie.

Como novos membros da família os felinos ganharam novos nomes, assim passaram a se chamar de Tulip e Sparkles.

Ela ainda comenta que ao sair do apartamento Tulip vai deitar na cama da cachorra, o que a deixa tranquila.

Já ao Daisy voltar de seus passeios, a gatinha está lhe esperando na porta para dizer que está tudo bem.

Agora a pit bull não se importa mais quando sua dona sai de casa, pois tem seus dois novos irmãos para lhe fazer companhia e acalmar sua ansiedade.

Veja também este vídeo:

BOMBANDO: Conheça Velou, a gata PIZZAIOLA que faz a massa mais macia

Uma jornalista quase formada de 21 anos, completamente apaixonada por futebol e animais. É daquelas pessoas que não podem ver um cachorro ou gato na rua que já quer fazer carinho... Do tipo curiosa, gosta de contar boas histórias e aquecer o coração de seus leitores. Um pouco indecisa para os títulos das matérias, confesso, mas dedicada ao ponto de procurar sempre escolher as melhores palavras. Prazer, sou Letícia Michele Schneider, atualmente moradora de Passo Fundo (RS), tenho o sonho de deixar o mundo um pouquinho melhor e quem sabe um dia estar à beira do gramado entrevistando os jogadores da dupla Grenal.