Cãozinho resgatado em canil irregular nem sabia como dormir deitado

Fonte: The Dodo

Um pequeno poodle aterrorizado, que foi salvo de um canil irregular e precário com cerca de 700 outros cães, está finalmente começando a experimentar o lado bom e amoroso da humanidade – ao deixar para trás os algozes que o destratavam no canil.

O filhote, batizado de Jordan Knight, foi resgatado de um criadouro improvisado na Geórgia, Estados Unidos, no início deste mês, depois que uma pessoa denunciou anonimamente as condições precárias e desumanas a que eram submetidos mais de 700 cachorros de variadas raças e tamanhos.

Talvez não haja melhor testemunho de como é a vida em um criadouro do que o que Jordan foi flagrado fazendo em sua primeira noite em seu lar adotivo.

Melissa Lentz, a mãe adotiva de Jordan, sabia que o cachorrinho ainda estava traumatizado, mesmo após ter se recuperado fisicamente; ela tentou dar a ele o espaço que precisava para se acostumar com a grande mudança em sua vida.

Veja o vídeo:

Ela ficou de olho em Jordan enquanto ele ia até a cama para dormir. Mas ao invés de se deitar, Jordan descansou apenas o topo de sua cabecinha na beira do travesseiro e, ainda de pé, adormeceu.

“Ele estava acostumado a dormir em pé devido à sua gaiola apertada”, explicou em nota a ONG Releash Atlanta, que ajudou a resgatar Jordan e colocá-lo num ortanato. “Ele fez a mesma coisa em sua primeira noite em seu lar adotivo”.

Mas não demorou muito para Jordan começar a aprender que as coisas eram diferentes neste lugar.

Por um lado, ele percebeu que os outros cachorros da casa – um grupo de cãezinhos adotados de criadouros e filhotes nascidos ali mesmo – são alegres e felizes.

Há também muito espaço para explorar e muitos lugares onde não há problema em se deitar.

Jordan tem um dia de spa por semana e aprendeu que a água morna, seguida do aconchego em toalhas quentes, na verdade é algo incrível e prazeroso.

Além disso, aprendeu a aconchegar-se no sofá com seus irmãos. Mais: está adorando poder jantar com sua família.

E quando sua mãe adotiva sugeriu que Jordan tentasse deitar em seu colo, ele realmente decidiu dar uma chance à ele.

O cãozinho também percorreu um longo caminho desde a primeira noite para aceitar sua cama e sua nova realidade. Agora ele sobe sobre ela e se permite deitar, acalmando-se e dormindo.

“Com muito amor e atenção de sua família adotiva, ele finalmente está se acomodando”, escreveu a ONG Releash Atlanta. “Esses cães foram traumatizados emocionalmente e mentalmente. Esperar que eles mudem repentinamente da noite para o dia é impossível, mas estamos fazendo o melhor para apagar o passado deles e substituí-lo por amor, atenção e conforto enquanto eles lidam com todo esse novo mundo.”

Jordan – e centenas de outros sobreviventes de canis e criadouros ilegais de cachorros – foram adotados por lares amorosos e compreensíveis e agora podem se recuperar com o apoio de seus pais adotivos.

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários