Idoso que jurava 'de pé junto' que nunca teria um cachorro, adota e se apaixona por um

O aposentado Vinicius Carleto, de 65 anos, jurava de 'pé junto' que jamais teria um cachorro em casa. Bom, jurava, porque ele adotou um doguinho e está aproveitando cada segundo de sua companhia.

Dá uma olhada:

Foto: Renan Carleto / Arquivo pessoal
Foto: Renan Carleto / Arquivo pessoal

Meses antes da adoção definitiva de Pitoco, seus filhos sugeriram que o pai adotasse um cão de abrigo, mas ele não ficou nem um pouco empolgado com a ideia. "Eu não quero um cachorro na minha casa", resmungava o senhor de idade. Hoje, a história é radicalmente diferente.

"Meu pai é velho e mal-humorado, sempre carrancudo", brinca Carleto, um dos filhos.

Mas o Sr. Vinicius acabou cedendo. E eis que Pitoco foi adotado, para a alegria da família.

Foto: Renan Carleto / Arquivo pessoal
Foto: Renan Carleto / Arquivo pessoal

Relutante em amá-lo, o idoso passou semanas ignorando o filhote. "Ele aceitou Pitoco, mas não pensou muito nele", disse.

Mas então tudo mudou. Em pouco tempo, o Sr. Vinicius começou a brincar e a dar mais atenção para o cãozinho. Logo surgiu uma tenra e fofa amizade.

"Toda vez que meu pai chegava em casa estressado, ele se distraía com o Pitoco e deixava a raiva para trás", disse Carleto. “Então um dia cheguei em casa e vi meu pai com Pitoco no quintal. Eles estavam correndo e brincando. Eu nunca imaginei que isso fosse possível".

Foto: Renan Carleto / Arquivo pessoal
Foto: Renan Carleto / Arquivo pessoal

E pronto, o idoso estava apaixonado! Tanto que, de fato, apenas três meses depois, a dupla começou a usar essas camisas super fofas com o rosto um do outro. Viraram companheiros inseparáveis!

Foto: Renan Carleto / Arquivo pessoal
Foto: Renan Carleto / Arquivo pessoal

Observando o efeito que Pitoco teve no espírito de seu pai, seus filhos agora amam ainda mais os cachorros que têm em suas casas. "Parece que os cães entendem como estamos nos sentindo", disse o filho. “E a companhia deles nos permite escapar do estresse diário da vida. Isso é uma coisa muito importante”, concluiu.

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários