Morando nas ruas geladas de Londres, gatinho de 4 meses protege irmão cego para que ele não morra de hipotermia

Apesar de ter apenas quatro meses, o instinto do gatinho foi cuidar e proteger o irmão que possui alguns problemas de saúde.

Foto: bluecross.org.uk
Foto: bluecross.org.uk

Um caso de muito amor e lealdade foi apresentado por esses dois irmãos felinos, que apesar de serem tão novinhos, sabem bem o que representa a palavra 'irmãos'. Os gatinhos de rua, com aproximadamente quatro meses, foram encontrados prontos para morrer congelados devido ao frio de Londres (Reino Unido). Mas um detalhe chamou bastante a atenção: o fato de um deles estar aconchegando o irmão que é cego, impedindo que dessa forma ele morresse de hipotermia.

Foto: bluecross.org.uk
Foto: bluecross.org.uk

Dot e Specks, felizmente foram encontrados e levados a um hospital veterinário onde receberam atendimento. Segundo os veterinários, os filhotes estavam infestados de pulgas, estavam sujos, assustados, com frio, fome e abaixo do peso. Que dó gente! O Specks foi diagnosticado com catarata nos dois olhos e possui a visão completamente comprometida.

Ele sofre ainda, de ataxia cerebelar, que causa perda de equilíbrio, tremores e movimentos instáveis. Mesmo sem saber disso, Dot o protegia.

Os profissionais observaram também, que "é improvável que Specks tenha sobrevivido sem o apoio que ele tinha de Dot", já que "ele não pode ver, e sua condição significa que ele teria sido uma presa muito fácil", realmente né? Agora já tratados, os irmãos foram levados para um centro de adoção, onde esperam por um lar aconchegante e cheio de amor. A nossa esperança é que esse lar seja para os dois, já que eles são tão importantes um para o outro…

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários