Cão boxer vira entregador de vinícola fechada por conta do coronavírus: ‘Todos adoram ele’

Devido às medidas de isolamento social decretadas pelo governo de Maryland, nos Estados Unidos, para frear o avanço do coronavírus, uma vinícola decidiu recrutar um cachorro para fazer as entregas de seus produtos.

Quem assumiu a tarefa foi Soda, um inteligente cão de 11 anos da raça boxer que nunca deixou seus tutores na mão.

Como os cachorros não podem ser infectados com o Covid-19 (conforme estudo da OMS), eles podem realizar as entregas sem que os consumidores corram o risco de contágio.

Foto: Stone House Urban Winery / Facebook
Foto: Stone House Urban Winery / Facebook
Foto: Stone House Urban Winery / Facebook
Foto: Stone House Urban Winery / Facebook

A vinícola Stone House Urban Winery, em Hagerstown, foi aberta no ano passado, mas poucos meses depois, precisou ser fechado por conta da pandemia. No entanto, ela ainda faz entregas para os vizinhos das redondezas cinco dias por semana.

A ideia de uma opção de entrega alternativa foi de Lori Yata, co-proprietária da empresa.

Em um post no Facebook, a página da vinícola afirma que os negócios "permaneceram estáveis" desde a inscrição de Soda e que, graças à sua popularidade, as vendas pela primeira vez aumentaram em semanas.

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários