Cão pit bull preso em telhado chora de alegria ao ser resgatado; vídeo

Por
em Notícias

Era um belo dia, até que esse pit bull resolveu se aventurar no alto de uma casa. O problema, foi que ele não achou a saída depois.

Um pit bull que vivia nas ruas de Phoenix, Estados Unidos, achou um jeito bem incomum — e inusitado — de se divertir subindo no telhado de uma casa.

Inexplicavelmente, já adianto, ele chegou até o telhado e parecia estar super empolgado com a vista. O caso aconteceu recentemente, no início de abril, e foi percebido pelos vizinhos que, preocupados, chamaram os Técnicos Médicos de Animais de Emergência da Humane Society do Arizona para resgatá-lo.

Rufio, como foi nomeado, assustou a todos com a sua travessura, afinal, ele poderia ter se machucado gravemente se chegasse a cair ou pular daquela altura.

“Ninguém tem ideia de como Rufio acabou no telhado. Nosso melhor palpite é que ele perseguiu algo lá em cima e não conseguiu descer, ou estava tentando ser o Papai Noel deste ano”, contou Kelsey Dickerson, funcionária do Humane Society do Arizona, em entrevista ao site americano The Dodo.

Mesmo que aparentemente ele tenha gostado muito de se aventurar no telhado, Rufio ficou igualmente animado com a chegada da equipe para salvá-lo. Imagina só, para quem até horas antes não tinha ninguém e agora está recebendo tanta atenção, não parece nada mal!

Após ser retirado do telhado, Rufio pulou nos socorristas como agradecimento e empolgou a todos no local com a sua energia.

Em seguida, os socorristas levaram o pit bull para um hospital veterinário garantindo que tudo estava bem com o aventureiro, o que foi confirmado.

Como pudemos perceber, Rufio não é um cão comum, ele realmente gosta de receber muita atenção e rapidamente foi adotado. Agora ele está em um lar cheio de amor e espaço para aprontar bastante!

Veja o momento do resgate:

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com