Após viver quatro anos em abrigo, cachorro de 10 anos comemora adoção

Ele sabia o quanto aquilo significava e fez questão de expressar a sua felicidade com o momento.

Mesmo que sejam abastecidos de características incríveis, muitos animais não têm tempo e nem oportunidade de demonstrar isso às pessoas, para que possam assim, ser adotados.

Com o crescimento cada vez maior do abandono de animais, muitos abrigos ficam superlotados e acabam sacrificando os cães mais velhos que nunca foram adotados. Infelizmente, muitos anjos inocentes acabam morrendo sem nunca ter tido a oportunidade de receber amor e um lar de verdade.

Esse, seria o destino do cão de 10 anos, o Dreadlock, que vivia há quatro anos em um abrigo na cidade Phuket, Tailândia, sem perspectiva alguma de ser adotado. Quando ele chegou ao abrigo pela primeira vez, ele tinha problemas de pele e com seu pêlo, e parecia que ele nunca encontraria uma família para amá-lo.

Mas, mesmo depois de tanto tempo, o simpático e dócil cão finalmente ganhou uma chance para dar o melhor de si à uma família que resolveu adotá-lo. Ele sabia que esse momento era muito especial e resolveu comemorar à altura, dançando, pulando, acariciando o dono e expressando assim, toda a sua felicidade em ser adotado.

Assista ao momento:

Afinal, tudo o que eles precisam é apenas de uma chance, não é?

Muito contagiante essa emoção do Dreadlock!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo.
Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários