Para defender família, cão ataca cobra venenosa que entrou em casa na Malásia

A família se assustou com a presença do animal peçonhento e quando se deparou, o cão já estava em luta com a cobra.A coragem e a lealdade de um cão pelos seus donos é uma das maiores provas de amor que existe. Um cãozinho de seis anos morreu bravamente após salvar a vida da sua família de uma cobra venenosa.

Foto: Facebook / Alice Minggu
Foto: Facebook / Alice Minggu

O caso aconteceu em Bintulu, Malásia, com um cachorro de seis anos, o Chiko. A dona Alice Minggu relatou o caso em sua página no Facebook, segundo ela, após o almoço no dia 16 de maio, a cobra apareceu na sala de jantar da família.

Ao ver o animal, Chiko imediatamente tentou afastar a cobra e os dois acabaram entrando em luta corporal. Mesmo quando a família tentava afastar o cão da cobra, ele avançava novamente, depois de alguns instantes, Chiko conseguiu imobilizar o animal, o matando.

Foto: Facebook / Alice Minggu
Foto: Facebook / Alice Minggu

A cobra, que era venenosa, infelizmente havia picado o cão e minutos depois, ele também acabou morrendo.

Foto: Facebook / Alice Minggu
Foto: Facebook / Alice Minggu

“Ele lutou até a cobra morrer e rapidamente se moveu para a varanda e tomou o seu último suspiro”, disse Alice.

O episódio, é claro, deixou todos tristes, especialmente pela coragem que o cão teve em querer proteger os seus donos. É de cortar o coração.

“Ontem ele nos salvou e infelizmente não conseguimos salvá-lo… Ele significava muito para nós. Adeus e descanse em paz, Chiko”, concluiu Alice.

Foto: Facebook / Alice Minggu
Foto: Facebook / Alice Minggu

O post comoveu centenas pessoas que mandaram mensagens de apoio à família e compartilharam a sua história.

O ato heroico de Chiko certamente nunca será esquecido por sua família!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários