Soldado e seu leal cachorro pastor alemão sobrevivem graças à amizade que os une

em Notícias

Talvez não haja algo mais genuíno do que o laço que os seres humanos formam com seus animais de estimação. Um bom exemplo disso é a história de resiliência e fraternidade entre o soldado Alec Alcocer e seu melhor amigo, o pastor alemão Alex.

Alcocer e seu mascote passaram seis meses no Afeganistão, em uma operação militar. Juntos, eles participaram de dezenas de missões oficiais no exterior.

Em uma dessas operações, o relacionamento da dupla foi severamente posto à prova.

Toda vez que eles enfrentam um perigo juntos, é impossível separar o soldado do seu cão. “Esta é realmente uma amizade verdadeira. Só eles sabem o que tiveram que enfrentar juntos”, disse um usuário nas redes sociais após compartilhar o relato de Alec.

Certo dia, eles partiram para uma área onde pensavam estar seguros. Eles viram um homem caminhando em direção a eles calmamente.

Eles nunca imaginaram que iriam sofrer um ataque com explosivos. O homem estava carregando uma bomba que, quando detonada, propagou um grande incêndio que quase ceifou a vida da dupla.

O soldado diz que só se lembra de ter sido ferido, incapaz de se mover. Ele abraçou seu fiel amigo, que se recusou a se separar dele. Após a detonação, outros soldados os encontraram.

Muitas pessoas perderam a vida naquele dia… De fato, foi um milagre que Alec e o pastor alemão tenham sobrevivido.

Alec sofreu uma lesão cerebral, e desde aquele fatídico dia, é incapaz de andar, tendo sofrido uma série de lesões e fraturas pelo corpo.

O soldado foi imediatamente transferido para um centro de reabilitação. Seria um longo processo de recuperação e os médicos recomendaram que ele se concentrasse em sua saúde.

No entanto, Alec só pensou em seu filhote e queria saber como ele estava. Alex havia sido transferido para um centro veterinário, onde eles tiveram que amputar uma das suas patas traseiras.

Alex havia sido atingido por estilhaços em 30% de seu corpo.

O mais difícil para ele foi aprender a andar com três pernas. Ambos sentiram muita falta um do outro e foi muito difícil ficarem distantes por tanto tempo.

Após meses de tratamento e reabilitação, dono e cão se reencontraram e, hoje, estão juntos mais uma vez. Alec e Alex receberam medalhas por sua coragem e bravura.

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.