Família reencontra cãozinho 'fugitivo' após horas de busca em floresta

Por
em Cães

O cãozinho Sully desapareceu de casa dias depois de ser adotado, para o desespero de sua família. Treinado como um cão de serviço, o Bernadoodle de 1 ano foi trazido para casa para ajudar o pequeno Liam, de 7 anos, que foi diagnosticado com um tumor cerebral.

De acordo com o portal de notícias I Heart Dogs, seu cão desapareceu durante uma visita a um cabeleireiro de Wesley Chapel, na Flórida (EUA), ocasião em que ele iria cortar o cabelo.

Após horas de procura pelo bairro e arredores, os pais de Liam não faziam ideia de como iriam encontrá-lo. Prestes a contatar a polícia, eles receberam ajuda de um grupo de pessoas que ficaram sensibilizadas com o menino, que estava sentindo muita falta do seu doguinho.

Eles se dividiram em grupos, que se espalharam pela cidade. Um deles foi até uma floresta próxima à Wesley Chapel, onde a intuição da mãe de Liam dizia que Sully poderia estar.

Dezenas de pessoas do grupo improvisado de resgate adentraram na mata para procurar o paradeiro do cachorro. Alguém teve a ‘criativa’ ideia de chamar a atenção do cãozinho com o cheiro de urina.

Acredite ou não, mas funcionou! Sully apareceu entre os arbustos e parecia estar bastante assustado e perdido. Não se sabe porque ele fugiu para longe tão subitamente. Porém quando se aproximaram dele para agarrá-lo ele correu desaparecendo novamente. Passado o tempo uma motorista que trafegava pelo local, avistou Sully, então parou e conseguiu resgatar o cãozinho.

Levado de volta para Liam, você pode imaginar como foi o reencontro… Ele e sua família ficaram muito felizes ao ver seu amado cãozinho de volta aos seus braços.

"Este cachorro maravilhoso é parte definitiva da nossa família”, disse Laura Holland, mãe de Liam. “Eles são melhores amigos e agora estão mais inseparáveis do que nunca”.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.