Cervejaria estampa garrafas com fotos de cães de rua e reverte parte do lucro para ajudá-los

Por
em Notícias
Além de divulgar os animais que estão aptos para adoção, a empresa tem doado parte do lucro para instituições que mantêm animais que foram abandonados.

Em tempos difíceis, como o que estamos vivendo atualmente com o coronavírus, é o momento que ações em apoio e solidariedade às minorias se fazem mais necessárias do que nunca. Mostrar valor através de uma atitude, mesmo quando o valor financeiro está passando por transações dificultosas, pode fazer toda a diferença.

Uma empresa entendeu isso muito bem e deu início a uma onda de solidariedade que tem ajudado muitos cães que vivem em abrigos que dependem de recursos financeiros, e assim como muitas entidades, têm enfrentado grandes desafios durante essa pandemia.

Iniciativas como a que a cervejaria artesanal Na El Granero Brewing Company, situada na Costa Rica, tem produzido, podem servir como um belo exemplo para impulsionar os negócios e, ainda, conseguir ajudar quem tanto precisa, como animais carentes.

A empresa passou a estampar a imagem de cães abandonados na sua marca e estão revertendo parte dos seus lucros à Associação Animal de Atenas, responsável por cuidar de centenas de animais que foram abandonados.Além de promover uma boa-ação incrível, as cervejas ganham um design lindo e muito fofo! Para os apaixonados pela bebida e pelos animais, a experiência se torna duplamente agradável, não é?“Na El Granero Brewing Company, não apenas damos uma porcentagem fixa de vendas, às vezes é maior ou às vezes menor, dependendo da situação em que vivemos, mas agora, durante a pandemia, a ajuda é maior que a empresa está ganhando”, diz Adolfo Serrano, CEO da El Granero Brewing Company.Se os negócios estavam enfrentando dificuldades durante a instalação do coronavírus, esses modelos caninos chegaram para dar um upgrade incrível na marca. Não teria como ser diferente, não é?

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com