Donos saem para almoçar e quando voltam encontram seu cachorro preso no telhado de casa

Apesar do susto, o corpo de bombeiros já estava na casa trabalhando para resgatar o pequeno arteiro, que felizmente, não ficou ferido.

Terrivelmente espertos como são, ter cães definitivamente não é para amadores. Eles estão sempre prontos para surpreender os seus donos, mesmo que nem eles saibam disso. Quem é, ou já foi dono de cão, sabe como eles são perspicazes e rápidos, por isso, é importante estar sempre atento.

Esses dois cãezinhos, Maple e Tammy, que moram em Helston uma cidade da Cornualha, localizada na região sudoeste da Inglaterra, quase mataram os donos de susto ao subirem no telhado de casa. Uma hora longe de casa foi o suficiente para esses dois arteiros conseguirem subir no telhado, o que segundo a dona, Catheryn Wood, nunca tinha acontecido antes. Olha a cena:

Maple conseguiu sair sozinho do telhado, mas Tammy continuou presa lá, apreciando a vista, enquanto várias pessoas cercaram a casa, preocupadas. Os bombeiros foram acionados e chegaram no local antes mesmo de Catheryn que havia saído para almoçar, e claro, ficou assustada com a movimentação em torno da sua casa.

“Quando voltamos Maple estava correndo pela rua principal, nós a pegamos e quando nos aproximamos de casa havia um carro de bombeiros do lado de fora. Pensei que houvesse um incêndio, mas quando nos aproximamos vimos uma multidão de pessoas e Tammy estava no telhado”, conta. Apesar do susto, Maple não estava ferida e Tammy foi retirada em segurança do telhado. Ufa! Confira o resgate:

“Está tão quente no sótão que tenho que deixar a janela aberta, mas a partir de agora terei que manter a porta do quarto fechada. É uma sorte que ninguém se machucou, nem os cães, e que não houve fogo.” É, parece que agora essa família ficará muito mais atenta com os seus pequenos foliões.

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários