Viralizou: Em noite fria em SP, homem tira camisa no metrô e veste cachorro que estava tremendo

em Notícias

Um vídeo compartilhado no Facebook que mostra um homem tirando a própria camisa para vestir um cãozinho que estava tremendo de frio viralizou nas redes sociais no último fim de semana.

O gesto de solidariedade aconteceu no Metrô de São Paulo no último sábado (22). O rapaz mais tarde identificado como Felipe Paulino, de 33 anos, estava acompanhado do irmão e de um amigo quando viram o animal abandonado no chão, passando frio.

Sem pensar duas vezes, ele tira uma das camisas e começa a vestir o cachorrinho.

"Nós somos do Guarujá (SP) e estávamos indo para a rua 25 de março. Eu vi ele de longe, tremendo demais, era um dia bem frio na cidade. Abaixei, fiz carinho, mas não tinha nenhum pano na mochila. Aí minha primeira reação foi tirar a blusa e dar pra ele", lembra.

As imagens foram gravadas na estação Jabaquara pelo irmão de Felipe, que de início não acreditou no que o rapaz estava fazendo. A cena durou poucos minutos, mas certamente fez toda a diferença na noite do cãozinho. O vira-lata saiu do local balançando rabo e exibindo a nova vestimenta.

O vídeo original já foi assistido mais de 160 mil vezes nas redes sociais.

Felipe se disse surpreso com a repercussão. “Eu não fiz nada de mais, quis ajudar, não imaginava toda essa gente. Procurei ele na volta das compras e não achei. E eu também estava longe de casa, não tinha muito o que fazer. Mas gostaria de reencontrá-lo para ajudar agora na busca de um lar”, lamenta.

Confira o vídeo:

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.