Vítima de tumor cerebral, menina de 7 anos recebeu cartas e fotos de cães do mundo todo antes de falecer

Por
em Aqueça o coração
A iniciativa surgiu a partir do pedido de um amigo da família aos seus seguidores, mas a ação tomou proporções inimagináveis.

O que para algumas pessoas pode ser algo rotineiro e sem valor, para outras pode significar a melhor parte do dia. Diagnosticada com um tipo raro e agressivo de tumor chamado glioma pontino intrínseco difuso (DIPG), em janeiro de 2019, Emma Mertens, de 7 anos, viu a sua vida mudar por completo.

A mudança se deu não apenas pela doença, que foi drástica, mas pela enxurrada de amor e apoio que recebeu de cães e seus donos de todas as partes do mundo. A garotinha vivia em Wisconsin, Estados Unidos, e mesmo sendo completamente apaixonada por cães, ela nunca teve um. Pensando em deixá-la feliz, um amigo da família pediu aos seus seguidores que mandassem carta e fotos dos seus cães no intuito de alegrar o dia - e a vida - de Emma.

O que nem o amigo e nem a família de Emma imaginavam é que essa corrente de apoio teria o alcance que teve. Segundo o pai de Emma, Geoff Mertens, ele passou a receber cerca de 2.800 e-mails por hora, e o correio tradicional em caminhões. A iniciativa tomou proporções inimagináveis e a pequena Emma passou a receber cartas vindas de mais de 20 países - Japão, Austrália, Venezuela, Itália, Rússia, Escócia, Holanda. Algumas pessoas também passaram a visitar Emma com os seus peludinhos.

“Sem que nós soubéssemos, um amigo nosso tinha cerca de uma dúzia de amigos enviando fotos e, em algum momento, ele simplesmente aumentou esse número. Se você conheceu Emma, ​​ela é a garota mais gentil e de grande coração. Ver tantas pessoas tirarem alguns minutos de seu dia para colocar um sorriso em seu rosto é impressionante”, disse Geoff em entrevista ao Milwaukee Journal Sentinal.

Além do apoio incondicional, as pessoas colaboraram com a campanha GoFundMe que foi criada para a família que acabou arrecadando mais do dobro da meta original com mais de $ 108.000. Toda a ação foi fundamental para deixar mais alegre os dias difíceis de Emma, mas infelizmente, em novembro de 2019, ela veio a falecer. Mesmo em um momento delicado, ela pôde contar com todo o amor canino que os animais - e os seus donos - puderam emanar a ela, né?

Confira alguns dos recados especiais que Emma recebeu dos seus amigos caninos:

1.

2.

3.

Veja o vídeo:

Benefícios de um cão durante um tratamento médico

1. Acariciar um cão reduz a pressão arterial. O sentimento de estresse e ansiedade diminuem, além de se distrair fazendo com que o paciente esqueça um pouco da doença.

2. Aumento da oxitocina (hormônio da 'sensação boa'), o que contribui para o relaxamento e estabilidade psicológica e ajuda a nos sentirmos felizes e confiantes. Isso faz com que o paciente tenha menos receio de fazer seus exames e ir nas visitas ao médico.

3. Ao ter um cachorro por perto, o ambiente da casa ou consultório se torna mais relaxante e divertindo, minimizando os medos e receios do paciente.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com