Motorista abandona cachorro e volta para buscá-lo horas depois

Na última quarta-feira (30), uma câmera de segurança pública flagrou o motorista de uma caminhonete abandonando um cachorro no bairro Água Doce, em Jundiaí (SP).

Nas imagens, o veículo estaciona em frente a uma casa. Pouco depois, a porta se abre e o motorista escorraça o animal para fora.

Sem opções, o cachorrinho caminha pela rua enquanto o motorista vai embora. A câmera de segurança registrou o ocorrido por volta das 7h da manhã. O vídeo do abandono foi postado nas redes sociais horas depois, viralizando rapidamente.

Com a grande repercussão do caso, às 18h do mesmo dia, o motorista da caminhonete retornou ao local. O cãozinho ainda estava lá. Ao ver o dono, ele corre em direção ao carro.

De acordo com testemunhas do bairro, o animal foi recolhido pelo motorista. Graças às imagens, a placa da caminhonete já foi identificada.

A Polícia Civil investiga o caso após um boletim de ocorrência ter sido registrado.

Abandono

Nada justifica o abandono de um animal de estimação, eles são seres indefesos e dependentes. Às vezes, ao adotar, pode ser que no início dê trabalho, mude a sua rotina, transforme a sua vida, havendo novas necessidades, mas se você adotou, teve motivos fortes e não deixe que esses motivos se enfraqueçam por tais dificuldades. Ao adotar, você está assumindo uma responsabilidade e compromisso para a vida, então pense bem antes de adotar; procure informações no abrigo sobre o animal que está adotando para que as características dele se encaixe com você; castre para evitar ninhadas; adestre deu animalzinho para melhorar seu comportamento. Adote e desfrute de uma companhia leal!

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.