Indivíduo abandona 22 filhotes de cachorro recém-nascidos na porta de consultório veterinário

Por
em Notícias

Sem fazer alarde ou deixar qualquer comunicado, um indivíduo abandonou 22 filhotes recém-nascidos na porta de um consultório veterinário de San Antonio, no Texas (EUA), no início do mês de outubro.

Os bebês, todos com três semanas de vida, precisavam urgentemente de atendimento e aconchego. Eles só foram acolhidos quando um funcionário do consultório ouviu os choramingos dos cachorrinhos e os trouxe para dentro.

De acordo com o noticiário local, News 4 San Antonio, o consultório encaminhou os filhotes para o abrigo da SA Pet’s Alive, que cuidará deles até que atinjam idade suficiente para serem adotados.

Os pequenos estão bem de saúde, sem risco de vida. Eles estão sendo alimentados com ração indicada pela própria equipe de veterinários do consultório.Confira o post na íntegra:

Abandono de animais de estimação

A principal causa do abandono de animais é a ninhada indesejada. Infelizmente é comum encontrar ninhadas abandonadas de cães e gatos em terrenos baldios ou em outros lugares inapropriados. Por isso, os médicos veterinários não cansam de incentivar a castração dos animais de estimação para evitar o infortúnio. O destino dos filhotes abandonados é quase sempre trágico, por falta de amamentação, eles acabam se desidratando e morrendo de fome, podendo até mesmo ser presas fáceis de predadores. Na melhor das hipóteses, os animais perdidos mais sortudos são resgatados e levados para abrigos. Ter um animal de estimação é um compromisso para vida toda. Não abandone!

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.