Labradora que seria sacrificada é adotada e, para surpresa dos donos, ela veio com brindes: 12 filhotes

Por
em Notícias
Se o animal tivesse sido sacrificado, teria levado consigo mais 12 vidas. Ainda bem que isso não aconteceu!

Há alguns acontecimentos que mesmo que não sejam planejados, são capazes de trazer grandes alegrias. O casal Audrey Hampshire e Maynard Dockerty que vive em Weymouth, Inglaterra, passou por essa situação ao salvar a vida de uma labradora que seria sacrificada e logo depois descobrir que ela estava grávida de 12 filhotes.

Bem, a descoberta aconteceu gradualmente e tudo começou depois de o casal ter perdido a sua cadela que tinha apenas três anos. Então, quando eles souberam do caso da cadela Boo que vivia em um abrigo na Sérvia e que seria sacrificada, eles decidiram adotá-la.

“Quando nossa cadela morreu, deixou um grande buraco em nossos corações, então decidimos resgatar outro cachorro. Encontrei a Boo no Facebook, eles tratam cães como vermes lá (Sérvia), é bárbaro, então queríamos resgatar um. A Boo nunca esteve em uma casa antes, em um sofá, em um verdadeiro lar. Ela odiava carros, barulho, estradas, mas nos amou instantaneamente, assim como nós nos apaixonamos por ela”, contam.

Algumas semanas depois de terem adotado Boo, o casal percebeu que ela estava ganhando peso muito rápido, o que inicialmente os fez pensar que poderia ser resultado do excesso de mimos que eles estavam dando à ela, mas após visitarem um veterinário, descobriram o verdadeiro motivo.

No exame de ultrassom foram identificados seis filhotes, o que deixou os ‘avós’ de primeira viagem tranquilos. No entanto, quando chegou a hora do parto, a realidade foi outra e Boo deu à luz 12 filhotes, todos saudáveis e resistentes, sem nenhum óbito.

Embora a situação tenha deixado Audrey e Maynard preocupados, muitas pessoas demonstraram apoio e interesse em adotar os filhotes, muitas pessoas inclusive ajudaram com os custos veterinários e alimentares dos cachorrinhos.

Uma corrente do bem que se espalhou e conseguiu resolver a situação. A família ainda ficou com um dos filhotes para fazer companhia para a mamãe Boo e os demais foram adotados por familiares e amigos próximos.

Que reviravolta, hein Boo? Ainda bem que você foi parar na casa certa, com a família ideal!

Como saber se a minha cadela está grávida?

Segundo o portal PetBacker (uma plataforma da gringa reconhecida por conectar donos de pets e cuidadores), a maturidade sexual é atingida entre os 6 e 12 meses de idade. Isso significa que elas podem engravidar com apenas 6 meses de idade. A gravidez de cadelas normalmente dura nove semanas (aproximadamente 60 dias), embora possam dar à luz mais cedo ou mais tarde.

Aqui estão algumas maneiras de saber se sua cadela está grávida:

Nas primeiras semanas, há poucos sinais externos, então você pode não notar nenhuma mudança. Sua cadela parecerá normal, embora possa ganhar algum peso.

Os enjoos matinais afetam algumas fêmeas, mas apenas por alguns dias durante a 3ª ou 4ª semana (causado por alterações hormonais). Seu animal de estimação pode parecer cansado e pode começar a comer menos do que o normal. Algumas cadelas vomitam um pouco. Se a sua fizer, ofereça pequenas refeições ao longo do dia.

O tamanho do peito de uma cadela grávida aumentará significativamente e seus mamilos ficarão inchados. Você pode até detectar algum fluido leitoso também.

Esteja alerta a qualquer mudança no apetite do seu cão. Uma cadela grávida pode comer mais do que o normal.

Você notará uma secreção mucosa constante da vulva se sua cadela estiver grávida.

Conforme a gravidez avança, o peso da cadela grávida começa a aumentar. É provável que ela ganhe de 15% a 25% do peso, dependendo do número de filhotes que carrega.

Algumas cadelas podem experimentar gravidez fantasma/psicológica, quando a cadela mostra os sinais de gravidez, mas na verdade não está grávida. Uma cachorrinha pode ganhar peso, ter seios e mamilos maiores, exibir comportamento de aninhamento e até mesmo produzir leite, mas na verdade não está grávida. Este é um fenômeno raro que ocorre apenas em cadelas. Se a sua cadela está tendo uma gravidez fantasma, consulte o seu veterinário para uma solução.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com