Mulher cria buracos no cercado de casa para permitir que cães ‘espionem’ os vizinhos; vídeo

Por
em Notícias

A tutora de uma duplinha de cães teve uma ideia criativa e hilária para entretê-los no quintal de casa.

Na semana passada, Erin Joyce, que mora em Kilsyth, Victoria, na Austrália, fez seis buracos no cercado que separa seu quintal do vizinho, permitindo que eles ‘espionassem’ os vizinhos com facilidade.

Um vídeo divulgado no TikTok e publicado no site People, mostra os cães em ação que viralizou na rede social no último fim de semana.

Na filmagem, a mulher pode ser visto entrando na garagem de casa enquanto os dois cachorros rapidamente assumem suas posições na cerca - empurrando seus focinhos pelos buracos feitos sob medida - para ver o que está acontecendo.

"Mamãe está em casa", diz a australiana, aos risos, chamando a atenção dos doguinhos curiosos.

O vídeo já acumula mais de 15 milhões de visualizações na popular plataforma de mídia social e mais de 2,3 milhões de curtidas.

Confira abaixo:

Internautas se divertiram com o vídeo viral.

“Achei a ideia super criativa! Estou pensando seriamente em fazer uns buraquinhos na minha cerca também”, disse uma usuária.
“Imagina se a moda pega [...] Acordar pela manhã e dar de cara com um par de olhinhos caninos olhando pra mim”, brincou outro.

A curiosidade em cães

Os donos de pets sabem o quanto eles são curiosos e quão em apuros eles podem ficar por causa da curiosidade. A curiosidade é algo comum entre os animais e para o cão, quando algo chama a sua atenção, ele reagira de três formas: lutar, fugir ou examinar. E mesmo sendo algo ameaçador, ainda assim ele terá curiosidade. A curiosidade é algo que está no DNA do cão, acredita-se que esses sentimentos sejam uma combinação dos sentidos de olfato, visão e audição aprimorada que eles possuem. Os cães sentem o mundo de forma muito mais intensa do que nós, seres humanos, por isso a curiosidade deles é tão aflorada.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.