Husky siberiano marrom assusta aventureiros durante trilhas ao ser confundido com lobo

Por
em Notícias

Não importa a raça, cada animal é peculiar seja na sua beleza, em seu carisma ou no comportamento e o cão SeQuoi Tenko é um ótimo exemplo disso.

Conforme o portal de notícias mexicano La Razón, o cão que vive em Santa Bárbara, Califórnia, até tem raça definida, mas tem causado dúvidas e conspirações entre os internautas que acreditam que ele seja, na verdade, um lobo.

A suposição tem ganhado força nas redes sociais, mas a dona, Nicole Anne Spahn, afirma que o seu animal de estimação é um cão legítimo e é da raça husky siberiano. Inclusive, o canino é registrado no American Kennel Club, um dos maiores clubes de registro genealógico de cães de raça pura do mundo. As pessoas chegaram a esse questionamento devido à aparência de SeQuoi ser semelhante a um lobo.

Durante trilhas na floresta, Nicole afirma que muitas pessoas que passam por ela e pelo seu cachorro ficam um pouco incrédulas, achando que o animal é um lobo de verdade. Outras, não aguentam tamanha fofura e já "partem para o abraço".

“Todo mundo quer parar e acariciá-lo. Todo mundo pergunta 'o que ele é?'”, diz Nicole. “Algumas pessoas tentam adivinhar que tipo de cachorro ele é; eles nunca acreditam que ele é um verdadeiro Husky Siberiano.”

No entanto, de acordo com Nicole, apenas as pessoas que não sabem muito sobre lobos que confundem Quoi com um.

“Já pensei em mandar fazer uma camisa com os dizeres ‘Sim, ele é um Husky Siberiano’ porque, quando estamos em público, tenho que dizer isso pelo menos uma dúzia de vezes”, brincou.

Nicole trouxe Quoi para casa quando ele tinha apenas 2 meses de idade. A pelagem marrom com uma mancha branca no peito torna o visual do cão marcante e único. A mulher compartilha vários clicks do seu cão lobo no Instagram, onde SeQuoi acumula quase 20 mil seguidores.

Seja instinto de lobo ou de cão, uma coisa é certa: SeQuoi adora se aventurar no meio de florestas e mesmo sendo um cão, pode assustar qualquer um que cruzar o seu caminho em meio à mata, mas isso só nos primeiros 20 segundos.

Veja o vídeo:

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários

Últimas histórias