Mulher que decidiu morar na rua com seus cães após ser despejada recebe ajuda de internautas

Por
em Notícias

A pandemia de Covid-19 tem sido uma catástrofe não apenas humanitária, mas econômica. Em meio à batalha nos hospitais para salvar vidas, milhões de famílias viram sua renda decrescer e incontáveis pessoas perderam seus empregos.

Vanessa, de 37 anos, foi uma dessas pessoas. Sem dinheiro para pagar o aluguel, ela foi despejada de casa com seus três cães de estimação, indo parar nas ruas de São Paulo (SP).

Segundo o portal peruano Wapa, desempregada há meses e praticamente sem renda, Vanessa tem lutado para alimentar a si mesma e seus cachorrinhos, os quais ama e cuida como se fossem seus próprios filhos.

Algumas semanas atrás, no entanto, a situação da paulistana começou a mudar. Ela recebeu ajuda de moradores de rua, que se ofereceram para cuidar dos cachorros até que ela encontrasse trabalho e se estabilizasse financeiramente.

De acordo com Isaiane Silva, a mulher que contou a história de Vanessa em um post no Facebook, a mulher chegou a receber o convite de uma amiga para ir morar com ela, mas a casa era pequena demais para os doguinhos.

Dessa forma, Vanessa se viu obrigada a deixar seus filhotes com os moradores de rua.

“O que mais quero é que eles tenham um final feliz”, escreveu Isaiane, que afirmou que o objetivo da publicação era arrecadar fundos para que Vanessa pudesse alugar um quarto espaçoso e morar com seus cães até conseguir encontrar um trabalho.

A postagem no Facebook rapidamente viralizou nas redes sociais, motivando centenas de pessoas a se oferecerem para colaborar com a paulistana.

Vanessa recebeu doações de pessoas até então desconhecidas através da vaquinha online Voaa e com o valor arrecadado poderá se mudar em breve para uma casa alugada, reavendo a companhia dos seus bichinhos.

No Rio de Janeiro, homem desabrigado dormia em carro com os cães após perder casa

No auge da pandemia, assim como Vanessa, Wellington foi despejado de sua antiga casa e não tinha para onde ir. Sem opções, se viu obrigado a dormir no carro, sua única propriedade, junto com seus 6 cães de estimação.

O rapaz morava em uma comunidade carente e violenta do Rio de Janeiro (RJ). Como não tinha contrato com o dono do imóvel, perdeu não apenas seu lar, mas todos os móveis, roupas e objetos que possuía.

Apesar de todas as dificuldades, Wellington jamais pensou em largar seus cães. Certo dia, uma pessoa sensibilizada com a situação do carioca mobilizou uma vaquinha virtual para ajudá-lo a reerguer a própria vida.

Como resultado, mais de R$ 32 mil em doações foram arrecadados para o rapaz, que terá mais que o suficiente para alugar uma casa e ter fundos para se manter nos próximos meses.

Confira a matéria completa:

- Homem é despejado de casa e passa a viver com seus cães em seu carro.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.