Gata de rua dá à luz na varanda em que fez amizade com mulher para que ela ajudasse seus filhotes

As coisas se tornaram muito mais fáceis e confortáveis desde que a felina foi resgatada com os seus filhotes.

Por
em Notícias

Uma mamãe felina procurou um lugar para dar à luz seus filhotes e, despretensiosamente, encontrou ajuda, suporte e um lar. Uma dona de casa percebeu que uma gata estava vivendo debaixo da sua varanda com uma ninhada e decidiu contatar o grupo de resgate Meow Village em Aurora, Oregon (EUA).

Inicialmente, a gata ficou arredia e desconfiada com a equipe, que não teve sucesso em resgatá-la. A estratégia, então, foi conquistar a sua confiança gradualmente, então a equipe passou a levar comida todos os dias para a gata.

Segundo Animales Queridos, depois de alguns encontros, a felina demonstrou maior confiança e começou a se alimentar. No entanto, foi descoberto que a gata estava grávida novamente, então os voluntários foram até o local com uma gaiola e a resgataram para que ela desse à luz em segurança.

Depois de resgatada, Buttercup, como foi nomeada, foi levada ao veterinário para ser examinada e então, foi acolhida por uma voluntária chamada Hilary.

"Eu não sabia se ela já havia morado dentro de uma casa antes, ou se era selvagem ou amigável. Eu estava preparada para o que quer que acontecesse", disse Hilary.

Dessa vez, Buttercup não precisou se preocupar em ter seu parto sozinha, pois teria todo o apoio da voluntária para tornar esse momento o mais confortável possível. E assim foi.

Já naturalizada em seu novo lar, Buttercup confiou na voluntária e a chamou na hora de dar à luz aos seus seis filhotes. De acordo com Hilary, a mamãe felina realizou um excelente trabalho e cuidou muito bem dos seus bebês, os banhando, alimentando e os acariciando. Porém, ela também foi super-protetora com eles.

"Buttercup demorou cerca de uma semana para me confiar os gatinhos. Na primeira semana, eu os tirava ao tentar pesá-los. Meu coração se alegra por poder tornar seus deveres maternos muito mais fáceis desta vez", relata Hilary.

Os três gatinhos de sua primeira ninhada conseguiram se socializar e atualmente também estão disponíveis para adoção. Dez vidas foram salvas e tiveram um futuro melhor porque uma mulher se importou e Buttercup confiou.

Enquanto isso, os filhotes da última ninhada não poderiam estar mais saudáveis e felizes ao lado da sua mamãe em um lar amoroso.

Como ajudar um gato de rua

Se um gatinho invadir a sua casa, não o ignore. Se você não puder adotá-lo, uma instituição de caridade local de resgate de animais pode ajudar. Contate-os e leve o animal ao abrigo para que eles possam dar todo o auxílio para o bichinho até que possa ser adotado.

A castração é um meio de evitar a multiplicação dos animais de rua. Se na sua cidade tiver campanha de arrecadação de fundos para castração dos animais de rua, colabore! Você estará contribuindo para a diminuição dos animais de rua e a superlotação dos abrigos de animais.

Ajudar faz bem!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Últimas histórias