Dona caracteriza os seus cães com trajes natalinos e faz os registros mais incríveis

Por
em Notícias

Durante o ano, Roxie e Riley, das raças Vizsla e Weimaraner respectivamente, agem como cães domésticos, mas a partir do dia 1° de dezembro eles se transformam nos elfos natalinos da dona.

Há três anos, a dona Linda Kush, 63, passou a caracterizar os seus cães para o Natal de uma maneira muito divertida e temática para o Elf Dog. Vestindo Roxie e Riley com roupas natalinas, além de criar situações e posições divertidas, os cães obedecem e permanecem imóveis até a dona tirar as fotos. Eles são simplesmente os modelos perfeitos!

Linda, que trabalhou como treinadora de cães, diz que começou o Elf Dog em 2018 e que a resposta é sempre tão positiva que ela decidiu reiniciá-lo pelo terceiro ano consecutivo em 2020.

O cronograma dos trajes natalinos inicia dia 1° de dezembro e só encerra no próprio Natal. Nesse período, Linda caracteriza diariamente os cães e faz várias fotos deles em diferentes situações, como Roxie sendo puxada por Riley em um trenó e aquelas mais tradicionais na sala de casa. Obviamente, todas são igualmente fofas e adoráveis!

“Eu uso minha imaginação para a maioria das fotos e os cães adoram usar roupas, então é tudo bem divertido. Lembro-me de ver o Elf na prateleira pela primeira vez em 2018 e de pensar que era muito bobo. Não tenho filhos e decidi criar os meus com algo ainda melhor, um cachorro de verdade”, contou Linda ao Mirror.

Tanta dedicação em enfeitar Roxie e Riley não passou despercebida, pelo contrário, chamou muito a atenção de um público que elogia e acompanha a saga natalina canina.

“Sempre recebo mensagens de pessoas que dizem 'você fez meu dia ou meu coração sorrir'. Como 2020 foi difícil para todos, muitos dos meus amigos e familiares online aguardaram ansiosamente. Vou criar uma ideia única todos os dias até 24 de dezembro, então temos muitas fotos a caminho”, afirmou Linda.

O resultado desse ano ficou adorável, mal podemos esperar pelo Elf Dog do próximo ano.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com