Conheça Mell, a cadela que adora sentar ao lado de desconhecidos em praça (vídeo)

Por
em Notícias
“Ela não conhece ninguém ali, mas está lá”, diz o dono aos risos sobre espontaneidade de cadela em fazer amizades.

Todo mundo tem um amigo(a) que tem muita facilidade em fazer amizades e conhecer pessoas, né? Bem, nesse caso a amiga da vez é a cadela Mell que foi filmada pelo dono sentada em um banco ao lado de um senhor que, até então, ela não conhecia.

Tranquila, a Mell Rainha, como é descrita no TikTok, aparece sentada em uma praça, entrosando com algumas pessoas. Enquanto isso, o dono a filma de dentro do carro, que diz:

“Ela nem conhece as pessoas, vai no banco da praça e senta do lado das pessoas, ela não está nem aí”.

Com a maior cara de paisagem, Mell parece gostar da aproximação voluntária e não se importar muito com que as pessoas vão achar, ela apenas fica onde bem entender.

“Ela não conhece ninguém ali, mas está lá, como se fosse a ‘papuda’”, diz o dono aos risos.

É o tipo de companhia que qualquer pessoa adoraria ter, né? O vídeo compartilhado em dezembro de 2020 no TikTok fez o maior sucesso, especialmente pela espontaneidade da cadela simpática que possui mais de 85,5 mil seguidores na plataforma.

Veja o vídeo:

Até o momento o vídeo tem mais de 450 mil visualizações, 114 mil curtidas e centenas de comentários. Quem quiser aprender a fazer amizades basta dar uma passadinha no perfil da Mell e aprender com ela: @mellzinhadocinho

Cães e 'estranhos'

Em uma pesquisa publicada no Journal of Experimental Analysis of Behavior, descobriu-se que, quando dada a opção de ser acariciado por seu dono ou um estranho, os cães mudam suas preferências com base na localização. Na casa de seus donos, os cães passam 70% do tempo interagindo com um estranho em vez do dono. Mas em lugares desconhecidos, os caninos passam quase 80% do tempo com o dono.

Muito parecido com os bebês humanos, os cães apresentam “efeitos de base segura” - o que significa que eles são mais propensos a explorar o desconhecido com seus donos ao seu lado, em oposição a estranhos. Ou seja, eles se relacionam com outros, mas precisam sempre do seu dono por perto. Os cães são realmente fofinhos!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com