Cão husky siberiano 'falastrão' que adora responder os donos vira sensação do TikTok

Por
em Notícias

Um vídeo viral divulgado online que mostra um cachorrinho 'falastrão' que adora responder os donos virou sensação do TikTok em junho de 2020.

Em questão de dias, milhares de internautas curtiram e compartilharam a filmagem.

O vídeo mostra um lindo cachorrinho da raça Husky Siberiano “conversando” com seu pai enquanto ele o imitava. O cãozinho foi parecendo ficar irritado com a zombação, o que rendeu aos internautas muitas risadas.

O homem decidiu legendar o vídeo, como se traduzisse o que o cão está dizendo, que é:

“Para de me irritar! Eu nem faço assim, mania besta! Respeita o seu único cachorro” e depois continua “Você me irrita, Carlos. Eu mordo, viu? Eu sou muito bravo, me respeita. Vou acabar com seu chinelo!”

Ele fazia várias caras e bocas, parecia mesmo uma pessoa conversando!

A brincadeira divertiu muita gente, que fizeram questão de comentar suas reações.

“Fui ver esse vídeo bebendo água. Conclusão: cuspi tudo kkk”, disse um internauta.
“Primeiro humano que fala cachorrês!” disse outro.
“Oxiii meu humano fala???”, comentou outro.

A verdade é que esse é um daqueles vídeos que alegram nosso dia!

Confira:

O husky siberiano: a raça que 'fala'

Quem diz que cachorro não fala é porque não conhece a raça husky siberiano. O husky é conhecido como a 'raça falante' por causa de sua ampla gama de vocalização. Eles são muito bons em imitar sons humanos, podem fazer sua vocalização soar como palavras. Eles estão mais do que dispostos a falar muito e parecem gostar quando os humanos participam.

A razão pela qual os huskys “falam” tanto pode estar em seus genes. Essa raça descendem diretamente do ancestral comum dos cães e lobos. Eles podem começar “falando” e antes que você perceba, torna-se um uivo completo. Porque isso é o que o seu ancestral costumava fazer a cerca de 14.000 anos atrás. A 'fala' pode ser uma forma de dizer que está com dor ou que precisa de algo, também pode significar alegria, curiosidade e frustração.

Além de serem lindos, terem belos olhos azuis, a conversa que eles desenvolvem com os donos é engraçada e encantadora.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.