Cão husky siberiano destrói totalmente sala de estar e fica satisfeito com resultado (vídeo)

Por
em Notícias

A dona do husky siberiano, de 2 anos, chamado Pea, vai ter que fazer novos investimentos depois que o cão simplesmente destruiu a sua sala de estar. A dona de Pea saiu de casa, localizada em Chongqing, no sudoeste da China, e quando voltou teve uma surpresa nada agradável ao ver destroços das almofadas espalhadas por todos os lados.

Espantada com a bagunça provocada por Pea, a dona filmou o cão que, sentado no meio dos destroços, não esboçou arrependimento algum, pelo contrário, parecia bastante contente com a sua arte.

Pea chega até mesmo a abanar o rabo enquanto a dona o questiona sobre a bagunça.

Além de destruir as almofadas, Pea também rasgou sacos de comida de cachorro, para dar uma ‘incrementada’, sabe como é…

Apesar da trabalheira em ter que organizar a bagunça que Pea fez e, da perda total das almofadas, a dona fez questão de filmá-lo e compartilhar em sua rede social. A dona escreveu a seguinte legenda:

“Quero perguntar se você tem um cachorro assim, como você se sente agora?”
“Quase tive um colapso mental”, disse a dona do animal, que deseja permanecer anônima, ao Daily Mail. “Eu não sabia o que mais podia sentir.”

A publicação, apesar de conflituosa, divertiu muitos usuários. Um deles se manifestou dizendo: “Veja como ele ficou satisfeito consigo mesmo!” E é realmente como ele parece!

Veja o vídeo:

Por que os cães gostam de destruir coisas?

Apesar dos prejuízos, há uma explicação para o comportamento destrutivo que alguns cães podem apresentar. De acordo com a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade com os Animais, esse comportamento pode ser causado por uma série de razões, como combater o tédio e aliviar a ansiedade.

Para cães jovens, é uma forma de aliviar a dor que pode ser causada pelo crescimento de dentes novos. Para cães mais velhos, é a forma natural de manter mandíbulas fortes e dentes limpos. Já outros podem ser motivados simplesmente porque não recebem estímulo físico e mental suficientes.

Apesar de ser normal essa atitude, é necessário ensinar desde filhotes que não devem destruir objetos da casa e sim extravasar sua energia nos brinquedos.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com