Pescador encontra passarinho perdido no mar e o resgata

Por
em Notícias

Quando o pescador Jacob Knowles, de Maine, Estados Unidos, foi navegar com a sua tripulação para pescar lagosta, ele não imaginava que acabaria ‘pescando’ um passarinho.

Segundo o portal de notícias Animales Queridos, em outubro de 2020, Jacob percebeu que havia um pássaro precisando de ajuda, pois sem ter onde pousar, ele acabou parando na água e, se não fosse a ajuda do pescador, ele teria morrido afogado.

Felizmente ele foi percebido e ajudado pelo pescador que o retirou da água, o secou, o alimentou, hidratou e até usou ele como um enfeite de cabeça. Bem, parece que o passarinho também gostou da última opção.

De volta à costa, o passarinho já havia se restabelecido graças ao cuidado dos tripulantes. Percebendo que a pequena ave estava melhor, Jacob permitiu que ele batesse as asas e seguisse voo.

“Esses pequeninos são lançados ao largo da costa com os ventos de outono do norte. Eles não podem pousar na água e não têm para onde ir, exceto barcos. Tirei esse carinha da água e dei-lhe uma carona para casa!”, escreveu Jacob em seu Instagram, onde compartilhou o vídeo.

Confira:

A publicação atraiu milhares de visualizações, curtidas e elogios sobre o resgate. Confira alguns comentários elogiando o nobre gesto de Jacob:

“Obrigado por vir e resgatar este rapaz”;
“Isso é tão inspirador”;
“Grande fé restaurada na humanidade”;
“Simplesmente excelente”.

Como prestar os primeiros socorros a um pássaro?

Encontrar um passarinho precisando de ajuda é muito mais comum do que imaginamos, seja por ter caído do ninho, por ter sido atacado por outro animal ou por ter parado no mar, como na notícia acima, poucas pessoas sabem qual é a melhor forma de ajudá-los.

Brena Braz, usa o seu canal no YouTube para dar dicas sobre cuidados de aves, especialmente calopsitas, cuja espécie ela tem em casa. Em um vídeo, ela dá dicas sobre os primeiros socorros que podem ser prestados durante o resgate de um passarinho em apuros.

Confira:

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com