Cachorro cego que viveu 8 anos acorrentado se alegra ao conhecer cama quentinha

Por
em Cães

Stevie, um cachorro cego, de 8 anos, foi resgatado dos maus-tratos em um quintal que vivia na Carolina do Sul, Estados Unidos, pelos voluntários do Lancaster County SPCA e, posteriormente, foi encaminhado para o abrigo de animais Diamonds em Ruff, em Nova York.

Os animais abandonados e maltratados necessitam de uma oportunidade e Stevie teve esse favor, graças a voluntários de bom coração. Tudo indica que o cachorrinho passou os oito anos de sua vida preso em uma corrente.

O pequeno estava cheio de pulgas, parasitas e faltavam algumas partes da pele. Além de ter uma espiga presa em seu intestino, sendo submetido a uma cirurgia. Coitadinho!

Voluntários da região ficaram sabendo do seu caso, foram ao seu encontro e o resgataram. E o abrigo de Nova York, comovido com a história, resolveu intervir, dando-lhe estadia e todo o tratamento necessário para a sua recuperação.

Além dos problemas físicos, Stevie também tinha problemas psicológicos e só com muito amor e paciência de uma lar acolhedor para ajudá-lo a superar os traumas. E Erin Boyd se propôs a tornar os dias do ceguinho mais felizes em um lar temporário.

“Ele dormiu a maior parte do caminho para casa, mas rosnava e latia de vez em quando em sua caixa. Sabíamos que ele estava apenas protegendo a si mesmo. Quando chegamos em casa, trouxemos a caixa para dentro e ele não queria sair. Tínhamos cuidado, pois ele não via e ainda não o conhecíamos", disse Erin Boyd ao The Dodo.

Passado alguns dias, o cachorrinho começou a ter confiança nos membros de sua nova família. Permitindo ser acariciado, assim como também passou a explorar o local.

A alegria maior nessa fase foi quando conheceu sua cama. O queridinho não de se conteve de felicidade em sentir a macies que começou a pular incansavelmente. E assim faz, toda vez que vê uma. Confira:

A cegueira do peludinho não tem o impedido de ser feliz e de percorrer habilmente por toda a casa. E o amor que tem recebido de sua família temporária tem aflorado seu lado carinhoso e brincalhão. Que alegria!

A voluntária Erin não poderia estar mais contente com a evolução de Stevie e torce para que logo uma família de grande coração o adote. Pois o que ele merece é receber um lar que o ame do jeitinho que é. E que os dias sombrios que viveu por oito anos, sejam esquecidos por dias felizes. E torcemos para que isso aconteça logo.

Vídeo NOVO no canal: Não era bebê, mas um CACHORRO! Casal engana família em chá de revelação

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo