Ativista Matheus Laiola e equipe libertam cadela que vivia acorrentada

Por
em Notícias

Na última sexta-feira, 28, o delegado Matheus Laiola fez um triste post em seu Instagram, relatando a denúncia de uma cadela que era mantida presa em uma corrente com cadeado, magra, mal conseguindo ficar em pé e com lesões por toda a pele. O caso ocorrei no Paraná.

A maldade humana impressiona, mas com certeza o bem sensibiliza ainda mais. O delegado Matheus Laiola, o Instituto SOS 4 Patas Paraná e o Inspetor Cassio Silva, após a denúncia logo foram ao resgate da pequena indefesa.

Ao chegarem no local, encontraram a peludinha em péssimas condições, pediram a chave do cadeado para o homem, mas o rapaz não a tinha. Alegando que a sua mãe a havia deixado naquela situação.

"No começo minha mãe que amarrou, ela que teve a ideia. Ela falou que era por causa que ela não estava mais aguentando ela (cachorra) entrar dentro de casa", disse o rapaz.

Ao ver a peludinha naquelas condições, o delegado perguntou ao rapaz há quanto tempo a bichinha não ia no veterinário. O tutor respondeu que estava esperando uma ONG prestar atendimento. Sendo que a responsabilidade do animal é inteiramente do seu tutor.

O delegado sem demora estourou a corrente e a cachorrinha ficou sob os cuidados da ONG SOS 4 Patas que a encaminhou para uma clínica veterinária para internação.

O rapaz, que já teve passagem na polícia, foi recolhido para a cadeia, onde o Poder Judiciário estipulou uma fiança de R$ 550,00 para sua libertação. Como ninguém pagou, o rapaz continua detido por maus-tratos.

E com pesar, após todos os esforços feito pela equipe do delegado, a cachorrinha não resistiu e veio a falecer. A peludinha fez transfusão de sangue, mas teve convulsões e morreu. O alívio é saber que ela recebeu amor nas últimas horas da sua vida. Amadinha!

Confira momento do resgate:

O triste desfecho desse resgate nos leva a refletir sobre a adoção. Se você não tem condições financeiras e nem tempo para o animal, NÂO ADOTE.

Vídeo: Vítima de Covid-19, falece protetora que resgatou cerca de 8 mil gatinhos; confira nossa homenagem à Elisandra Lovison

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo