Mulher registra tristeza de cachorros implorando para não serem abandonados

Por
em Cães

A amiga de uma mulher chamada Ann Flores estava interessada em adotar um cãozinho, então ambas foram ao abrigo de animais localizado no Condado de Harris, Texas, Estados Unidos.

Ao chegarem no local, flagraram a cena de duas mulheres arrastando seus dois cachorros para dentro do abrigo e os mesmos se negando a entrarem, entristecidos.

Tem histórias que parecem ter um final triste, porém acontece uma reviravolta e tudo termina bem. E com certeza foi o que aconteceu com os cães Truman e Mandi.

Os peludinhos foram abandonados no abrigo. E no dia que foram levados por duas mulheres até o local, Ann flagrou a triste cena dos cães, se negando a entrarem. Tristeza!

“Ele se deitou de costas e apenas rolou. Era como se ele estivesse dizendo: 'Por favor, não me deixe aqui'", disse Ann ao The Dodo.

Ann não conseguia acreditar no que seus olhos viam, ela sentiu uma grande tristeza pela rejeição daquelas mulheres com os cães e, sem saber o que fazer, tirou algumas fotos da lamentável cena.

“As duas estavam puxando, mas os cachorros não se mexiam. Elas tiveram que pegá-los porque eles simplesmente não se moviam. Eles não iriam entrar lá. Elas não se importaram. Elas estavam apenas rindo e dando risadinhas porque os cães não se moviam. Para elas, era como jogar lixo fora. Não houve remorso, nada. Eu estava com muita, muita raiva e podia sentir minha pressão arterial subir. Por que pegar um animal se você não vai mantê-lo e fazer isso com eles? Não é justo".

A jovem encaminhou os registros para os voluntários do Harris County Animal Volunteers, um grupo que trabalha para resgatar e realojar cães e gatos do abrigo, e os mesmos postaram nas redes sociais, gerando grande revolta e comoção nas pessoas.

O abrigo estava cheio de animais, não tendo como comportar mais dois, os cães estavam programados para eutanásia em poucos dias. Era urgente que encontrassem um lar amoroso. E graças ao trabalho dos voluntários, rapidamente os dois foram adotados.

O Cypress Lucky Mutt Rescue (CLMR) ficou responsável por Trumam. Kellie Donoghue, diretora do CLMR, foi até o abrigo para resgatá-lo.

“Primeiro, eu o ouvi uivar. Tentamos fazê-lo andar, mas ele apenas bateu no chão e não se mexeu. Ele estava tão apavorado e estava fazendo xixi. Mas ele estava abanando o rabo o tempo todo, o que me diz que este cachorro só precisa de amor, mas não entende que os humanos podem fornecer amor”.

Durante a viagem de 25 minutos, o peludinho só queria ficar perto da mulher que estava lhe salvando. Amadinho!

Mandi também deixou o abrigo, logo depois do seu irmão. A peludinha teve algumas complicações de saúde, mas sua nova dona com muito amor e carinho tem a ajudado a se recuperar fisicamente e emocionalmente.

Confira o vídeo:

Os dois foram adotados, tendo a chance de ter uma nova vida. Que alegria!

Um bichinho de estimação é uma responsabilidade. Antes de adotar, reflita se você tem condições financeiras e emocionais para cuidá-lo, para que no futuro a história de Truman e Mandi não se repita.

Vídeo: Cachorro pug sem pelos passa por transformação INCRÍVEL

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo