Vira-lata caramelo percorre cerca de 40 km em 9 dias para reencontrar família

Por
em Cães

No dia três de junho, o vira-latinha Jou fugiu do lar temporário em que foi acolhido para sua recuperação, localizado em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro (RJ). E no dia 12 de junho foi encontrado na varanda da sua casa em Atafona, São João da Barra (RJ). O peludinho percorreu cerca de 40 Km na BR 101, em nove dias para reencontrar a sua família.

A lealdade dos cães impressiona! O cão Jou, pertence a família de Leda Lysandro, e no dia primeiro desse mês, precisou ser levado para Campos para fazer um tratamento no saco escrotal. Por questão de segurança médica, o peludinho ficou na casa dos amigos dos seus donos.

Porém, a decisão dos tutores de manter o cachorrinho na casa de 'estranhos' não o agradou. Acreditem, mesmo debilitado por conta do tratamento e recebendo atenção do lar temporário, ele ousou fugir.

"Ele conseguiu retirar o colar de proteção e pular o muro, fugindo. Na manhã de quinta-feira, então, não amanheceu em casa”, contou Leda na publicação do Facebook.

Desde que Jou fugiu, a família iniciou o rastreamento por seu paradeiro, foram buscas a pé pelos arredores, buscas de carro, saídas constantes na esperança de achá-lo, mas nenhum sinal do cão.

No dia oito de junho, Eduarda Ribeiro, amiga da família, estava indo de Atafona para Campos, quando avistou o peludinho na direção contrária. A mulher parou o carro e tentou se aproximar, mas o bichinho assustado e agitado, na beira da estrada não permitiu contato.

"Ela, então, avisou meu ex-marido, que também estava imbuído nas buscas. Ainda sem encontrá-lo, naquele momento, meu coração se encheu de esperança porque tive certeza, alguma coisa me dizia, que ele chegaria na nossa casa de Atafona”, ressaltou.

Quatro dias depois de terem visto o cão na estrada, o filho de Leda a informou por telefone que o cão estava na porta de casa. Acredito que essa tenha sido uma das melhores ligações da mulher.

“Mãe, Jou retornou à casa de Atafona, sua casa. Está de baixo do banco!”.

O peludinho encarou dias de caminhada para chegar no seu verdadeiro lar. Emocionante!

“Meu Deus, é inacreditável. Ele fugiu de Campos dia 3 de junho e chegou à casa de Atafona no dia 12. Foram 40 quilômetros de distância. O cheiro da maresia, o vento nordeste e desejo de casa o guiou. Jornada linda e altamente simbólica para mim. Poesia em vida. História que precisa ser contada e que vou contar”.

Leda sem medir palavras, proclama o seu amor pelo cãozinho:.

“Meu amor canino, Jou Boca Preta Lysandro, comedor de sandálias havaianas, bravo, pulador de muros, vira-latas legítimo! Fez história! Voltou sozinho para casa, percorreu uma BR-101, 40 km e voltou sozinho. Você já é lenda, sua vida me faz feliz. Deus, obrigada, São Francisco de Assis”, encerrou emocionada.

Os cães criam laços fortes com seus donos e são capazes de tudo para se manterem ao seu lado. Não ignore os sentimentos do seu bichinho de estimação, eles tem muito a oferecer.

A vida deles é curta e o desejo deles é viver intensamente ao lado de quem amam.

Vídeo: Cachorro e gato pedem pizza pelo WHATSAPP e atendente se apaixona

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo