Cachorro comunitário é 'contratado' por farmácia e ganha crachá

Por
em Cães

Recentemente, um cachorrinho comunitário chamado Matute foi 'contratado' como o chefe de segurança de uma farmácia localizada na cidade de Pachuca, em Hidalgo, no México.

O peludinho tem aproximadamente 10 anos e desde filhote faz parte da comunidade. E a notícia de que foi adotado deixou os moradores contentes e uma em especial ficou em êxtase, a Adriana Dorazco, protetora dos animais, que o alimentava diariamente.

“Dizem - é uma coisa que não sei - que aparentemente ele chegou aqui com família, mas quando se mudaram, abandonaram-no. Em suas perambulações pela colônia, ele adormeceu em vida, comecei a alimentá-lo, mas ele nunca quis ficar dentro de casa. Havia duas outras famílias que também queriam dar uma casa para ele, mas não sei como ele se adaptou a viver trancado. Então eu o esterilizei e dei suas vacinas”, contou Adriana em entrevista ao Milenio.

O cachorrinho já passou por algumas famílias, mas não permanecia, pois gostava de ficar nas ruas. Até que um dia chegou numa loja de videogame e se acomodou no local por anos e devido a pandemia, a empresa fechou e o pequeno ficou sem lar.

Agora, o seu coração se acomodou na farmácia. Aos poucos o cachorrinho foi se aproximando do estabelecimento e o dono o alimentando, até que a contratação aconteceu. Que alegria!

O cachorrinho é muito amado e paparicado por seus 'colegas de trabalho', ganhou crachá de identificação e recebe muitos cafunés dos clientes, além de petiscos.

A protetora faz um apelo para que o exemplo de Matute possa ser replicado em cada bairro em que haja um cachorro abandonado. Pois qualquer um, sem ser um resgatador de animais, pode fazer a diferença e mostrar empatia com os mais vulneráveis.

Veja também este vídeo:

Conheça a história do Zeus, o cachorro que VIRALIZOU por gostar de ouvir música e dançar

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo