Após ser demitida na pandemia, mulher inicia negócio confeccionando caminhas pet de pneus

Por
em Aqueça o coração

Em 2020, logo no início da pandemia, Alda Álvarez que reside em San Lorenzo, no Paraguai, perdeu o seu emprego e em busca de algo para tirar o seu sustento, surgiu a ideia de produzir caminhas para cães, e mais: fabricados com materiais sustentáveis.

Infelizmente, a pandemia atingiu muitas famílias e as mesmas tiveram que criar soluções para poderem superar as dificuldades.

E Alda foi uma dessas pessoas, que após ser demitida buscou bater em outras portas, mas nenhuma se abriu. Até que encontrou uma saída no ramo pet.

A mulher possui cinco cães e os mesmos, com muita energia, acabaram destruindo as suas caminhas. Ela, sem condições de repô-las, resolveu construí-las.

Com pneus e sobras de tecidos, a paraguaia confeccionou com muito carinho e criatividade o novo ninho dos peludinhos. Com material resistente, seria impossível eles as destruírem. Queridinhos!

“Consegui os pneus. Pensei que, se fossem duros, os cães não os destruiriam mordendo-os. Cortei as borrachas com uma faca, limpei e pintei. Então comprei tecido e espuma e minha mãe me ensinou a fazer os colchões. Quando os cachorros olhavam para as camas, cheiravam-nas e diziam: 'Estas são para nós'. Eles adormeceram tranquilamente nelas", disse Alda para o UPSOCL.

A família ao ver o produto se encantou e a incentivou a compartilhar o seu trabalho no Facebook para, assim, atrair olhares de consumidores. E deu super certo!

Alda não deixou de procurar emprego, contudo, agora que descobriu uma nova paixão e uma fonte de renda, não deixará de produzir as caminhas.

“Eu amo fazer isso, e se eu puder ajudar os peludos em situação de rua, eu ficaria bem".

E nós só podemos torcer que coisas boas venham acontecer na vida dessa guerreira.

Veja também este vídeo:

6 gatos que VIRALIZARAM por suas manias peculiares

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo