Após perder a sua dona, cachorro pit bull entra em carro de motorista que o visitava e se recusa a sair

Felizmente há muitas pessoas de bom coração que são capazes de ajudar quem não tem ninguém. Essa descrição, serve perfeitamente à Katie Newhouser que é motorista de UPS (uma das maiores empresas de logística do mundo), em Cucamonga, California, nos Estados Unidos.

Ao dirigir pelos bairros da cidade, Katie costumava se dar muito bem com os animais da vizinhança, em especial com o pit bull Leo, animal de estimação de uma das suas clientes, Tina Rummel.

O vínculo entre os dois era muito forte e se manteve por anos. Até que um dia, Katie descobriu que Tina havia falecido e a única pessoa que poderia cuidar do cão era o seu filho Canon que estava longe por conta do serviço na marinha. Leo acabou ficando, então, desamparado e sozinho.

Preocupada com o seu bem-estar, a motorista foi até a casa para visitar o cachorro, que em um gesto inesperado, a surpreendeu. Ao ver a mulher por quem tinha muito apreço, Leo pulou em seu carro e não quis mais sair.

Foto:  Katie Newhouser  / Facebook
Foto: Katie Newhouser / Facebook

A alternativa foi levá-lo para a sua casa e adotá-lo temporariamente, até que Canon voltasse.

Facilmente e rapidamente Leo se adaptou ao local e fez amizade com os outros cães da casa. Mesmo sentindo a falta da sua dona e chorando muito antes de dormir, Leo parecia confortável em seu novo lar e pôde contar com o apoio dos seus novos irmãos que o animavam.

Foto:  Katie Newhouser  / Facebook
Foto: Katie Newhouser / Facebook

Com tanto amor e cumplicidade construídos, Katie foi incapaz de deixar Leo ir embora e o adotou permanentemente. Que laço de amor lindo, né? Felizmente, agora todos permanecem juntos!

Foto:  Katie Newhouser  / Facebook
Foto: Katie Newhouser / Facebook

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários