Família encontra jeito criativo para permitir que filhote escolha seu próprio nome

Ao ser adotado, um cão é batizado com um nome. Esta palavra em questão será a mais ouvida por ele em toda sua vida - e, parando para pensar, apesar de ser algo muito importante para eles, os cachorros não tem exatamente muita chance de questionar ou avaliar o nome escolhido.

Cientes disso, uma família encontrou uma maneira super criativa para permitir que um filhote pudesse escolher seu próprio nome (apesar dele não ter muita ciência do que a brincadeira se tratava).

Foto: Arquivo pessoal / Erika Maribel
Foto: Arquivo pessoal / Erika Maribel

A norte-americana Erika Maribel e seus pais organizaram uma espécie de ‘festinha de nomeação’ para seu cãozinho adotado.

Ao invés de simplesmente o batizarem, eles separaram 9 bilhetinhos com um nome pré-escolhido acompanhado de uma bolinha de ração para que o filhote escolhesse aleatoriamente.

E olha só qual bilhetinho o pequeno escolheu:

No final das contas, o cão se chamará ‘Canuto’, que, de acordo com um site especializado em nomes, significa ‘um ser encantador que é bastante agradável para os outros’.

A definição perfeita de um filhote, né? Canuto fez a escolha certa.

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários