Dogue alemão salva família de incêndio que se alastrou por sua casa de madrugada

Por
em Notícias

“Sem Ralph, acho que não teríamos conseguido nos salvar”. Assim resume Derek Walker, dono do dogue alemão que salvou sua vida e de sua família.

O cachorro ajudou Derek, sua esposa Maria Gilbert, e os dois filhos do casal a evacuarem durante um incêndio que rapidamente se alastrou por sua casa, em Shelby County, no Tennessee (EUA).

"Ele estava em seu canil dentro de casa e nós o ouvimos latir'', disse Derek. Eram 2h30 da manhã e o animal latia sem parar. “Ele geralmente não faz barulho à noite. E era um tipo diferente de latido”. Um alerta.

Walker acordou com os latidos desesperados de Ralph e viu as chamas se espalhando pela casa. "Eu comecei a gritar 'fogo' para levantar todo mundo'', relembra Derek. “Minha esposa se levantou e pegou nossos filhos, tirando-os de lá”.

À essa altura, a casa estava cheia de fumaça. Sair sem encostar nas chamas foi um verdadeiro desafio. Com a ajuda do cachorro, a família saiu da casa em segurança e sem queimaduras.

De acordo com Derek, a casa tinha alarmes de incêndio, mas eles só soaram tardiamente, quando a residência estava coberta de fumaça. Se não fosse por Ralph, sabe-se lá o que poderia ter acontecido com a família Walker.

“Havia tanta fumaça que não sei se teríamos conseguido sair”, disse ele. “Sem Ralph, acho que não teríamos conseguido. Não acho que meu filho teria sobrevivido.”

O chefe do Batalhão do Corpo de Bombeiros de North Shelby, Robert Lawson, concordou que Ralph prestou um grande serviço. "A família poderia ter sofrido ferimentos ou mortes'', disse ele. "Como um apaixonado por animais que sou, estamos muito gratos por Ralph."

Confira algumas imagens sobre o caso assistindo a reportagem abaixo:

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.