Mulher vende pratinhos para pagar tratamento de cadela com doença rara

Por
em Cães

Uma jovem peruana tem vendido pratinhos para cães na esperança de juntar dinheiro suficiente para pagar o tratamento de uma cadelinha, que foi diagnosticada com uma doença rara, pouco compreendida pela comunidade veterinária.

Batizada com o nome de ‘Cachorra’, ela vivia em situação de rua até ser transferida para o abrigo de animais da Fundação Rayito, no Peru.

A ativista Fabiola Alegre conta que a cadelinha de dois anos estava muito desnutrida quando chegou ao abrigo. Apesar de ter recuperado seu peso, a doença insiste em comprometer sua saúde ao enfraquecer seu sistema imunológico.

“[...] Pelo que os veterinários disseram, presume-se que ela tenha algum tipo de diabetes ou insuficiência pancreática, doenças muito difíceis de diagnosticar e tratar aqui no Peru”, disse Fabiola.

Em breve ela terá essa informação.

Enquanto isso, para ajudar no tratamento e recuperação de Cachorra, a ativista tem confeccionado e vendido pratinhos de cães para os moradores da comunidade.

Toda a renda advinda dos produtos será convertida na compra de medicamentos da cadela.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.