Criança deixa cachorro em frente a escola com o bilhete mais comovente

Por
em Notícias

Pensando no bem-estar de um cachorrinho de rua, um garotinho o colocou em uma caixa, escreveu um bilhete, o deixou na frente de uma escola, bateu na porta e saiu correndo. O caso ocorreu em Michigan, Estados Unidos, há dois anos.

Inicialmente, você pode até pensar que ele abandonou o cão, mas ele estava, na verdade, tentando encontrar um lar para ele, conforme dizia em seu bilhete. Felizmente, um zelador estava na escola no momento e pôde socorrer o filhotinho preto e fofinho.

Depois de ver o garotinho correndo, o zelador se surpreendeu com o bilhete, que dizia o seguinte:

“Desculpe, ele não tinha casa e estava frio, então íamos dar para vocês. Por favor, deixe-o encontrar um bom lar. Obrigado”.

Pensando em algum lugar seguro para o filhote ficar, o zelador entrou em contato com uma professora que, ele sabia, é apaixonada por animais. Prontamente ela se dispôs a cuidar do filhote, mesmo que temporariamente.

Longe das ruas, o cãozinho que foi nomeado pela professora de Snowflake, que significa Floco de Neve, pôde dormir quentinho e confortável longe das ruas. Pensando em um lar definitivo para o filhote, a professora contatou o abrigo local Detroit Pit Crew Dog Rescue, que recebeu o Snowflake.

Felizmente, o doce floco de neve não ficou muito tempo por lá, pois foi adotado por uma família que, inclusive, já o levou para viajar durante as férias. Uma vida bem melhor e diferente do que quando foi largado dentro de uma caixa de papelão. Que esse fofo seja muito feliz!

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com