Cão-guia labrador vira braço direito de jovem de 22 anos que sofreu derrames e perdeu parte da visão

Por
em Notícias

Os animais realmente têm o poder de mudar a vida das pessoas e foi exatamente isso que a cadela-guia CJ fez com a jovem McKenzie Hanlon. Com apenas 22 anos, a jovem da Flórida, Estados Unidos, já enfrentou: um aneurisma cerebral massivo, dois derrames quase fatais, um coma induzido, perda de mobilidade e perda de visão.

Por maiores que fossem as dificuldades enfrentadas pela jovem, ela não perdeu o entusiasmo e se sentiu ainda mais fortalecida desde que a labradora retriever CJ entrou na sua vida.

Tudo começou quando Hanlon ainda tinha 14 anos, que por anos enfrentou crises de enxaquecas que a deixavam debilitada. Aos 17 anos, a jovem descobriu o aneurisma e teve que passar por uma cirurgia emergencial.

Foi durante a operação para aliviar a pressão do aneurisma no crânio que Hanlon teve dois derrames quase fatais e teve que ficar em coma induzido. As outras complicações vieram logo depois. Quando acordou, ela estava com o lado direito paralisado e havia perdido parte da visão.

Nesse momento, organização sem fins lucrativos Southeastern Guide Dogs entrou em sua vida para transformá-la para melhor. A organização cedeu gratuitamente à Hanlon a cadela que foi treinada para atender as suas demandas particulares. Com visão parcial no olho direito e nenhuma na esquerda, a ajuda de CJ é fundamental para que a jovem possa andar em segurança e ter uma vida mais próximo do comum.

Cheia de planos, Hanlon deseja se matricular em uma faculdade e, deseja ainda, trabalhar na Southeastern Guide Dogs para ajudar outras pessoas que passaram pela mesma situação que ela.

“Eu andei com ela e pude senti-la parar no meio-fio, e descobri ter um recuo. CJ sabia que era um 'não' para mim”, Hanlon disse à People sobre o momento em que ela sabia que CJ era o cão-guia ideal após testar uma dúzia de outros. “Ela foi obviamente muito paciente e consciente.”

Além de ajudá-la a se locomover em seu cotidiano, CJ tem sido fundamental para resgatar a autoconfiança e as esperanças da jovem que deseja que a sua história sirva de inspiração para as pessoas.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com