Cão dálmata canta e toca piano todos os dias: 'Está apaixonado por isso'

A descoberta aconteceu em uma noite e, desde então, tem sido o hobby do dálmata musicista.

Por
em Notícias

O casal Esther e Rob Mason, de Jersey, se surpreenderam com o talento promissor e autodidata do seu dálmata Dexter, de 2 anos. No meio de uma noite do ano passado, Esther e Rob ouviram alguém tocando piano, ao se aproximarem, eles se espantaram ao ver que quem orquestrava as notas era Dexter.

Desde então, eles sempre ouvem o cão tocando piano e cantando. Bem, uivando, mas a intenção é a mesma. Apesar de saber quando Dexter está tocando, Esther dificilmente conseguia gravá-lo, porque ao vê-la, ele saía correndo para pular e brincar com a dona.

“Ele já toca piano há algum tempo, quase nunca consigo ver, mas meus vizinhos me perguntaram algumas vezes se minha filha está aprendendo piano”, conta Esther.

Felizmente, se aproximando discretamente, passo a passo, ela conseguiu gravá-lo em seu momento solo e o resultado não poderia ser mais adorável. Se ela apenas contasse, ficaria difícil acreditar que o seu cão tenha tamanha percepção e iniciativa com a música. Muito fofo!

“É incrível porque realmente parece que ele está cantando e tentando tocar as diferentes notas. E dá para ver que ele é realmente apaixonado por isso - não sei se é porque tem a trilha sonora de CATS ali. Ele é realmente um cantor com muito soul”, relata a dona.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, o casal comprou o piano ano passado para a filha, mas não imaginou que quem aproveitaria o instrumento - com louvor - seria o cão Dexter. De qualquer maneira, eles não poderiam ter sido mais agraciados, não é mesmo?

“Ele é apenas um cachorro grande e pateta que toca piano, e talvez ele possa nos ensinar a tocar também”, expressam.

Quem não ia querer aprender com um professor desses, né? Simplesmente encantador!

Veja o vídeo:

Cães gostam de música?

Em um estudo de 2017 da Psychology & Behavior, os pesquisadores examinaram o efeito de vários gêneros musicais sobre os níveis de estresse de cães em canis. Para fazer isso, eles observaram a resposta fisiológica e comportamental de 38 cães ao longo de cinco dias e tocaram cinco gêneros musicais para eles: soft rock, Motown, pop, reggae e clássico.

Quando os cães ouviam rock suave, os intervalos de tempo entre os batimentos cardíacos - era maior, o que significava diminuição do estresse. E, durante todos os cinco tipos de música, os cães passaram muito menos tempo em pé e muito mais tempo deitados.

É sugerido tocar música clássica para relaxar seu cão se ele estiver ansioso, tiver ansiedade de separação ou precisar dormir. Se você precisar abafar ruídos altos como de construção ou fogos de artifício, no entanto, reggae ou rock clássico podem funcionar melhor, já que tendem a ter graves mais altos em suas músicas. Cães assim como a maioria dos humanos amam música. Que tal curtir uma agora, com seu amigo peludo?

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com