Dona percebe sumiço do seu gato e o encontra na janela de vizinha

Por
em Notícias

Se dar bem com a vizinhança tem as suas vantagens e também os seus poréns, como no caso do gato George que acabou ficando preso no apartamento vizinho. George, que foi resgatado de um abandono, é muito querido por todos os moradores do prédio.

“Ele é realmente um gato especial e ainda estou em choque por ele ter sido abandonado. Ele é muito conhecido em meus apartamentos por muitos vizinhos e muito querido. Ele até ajudou uma das minhas antigas vizinhas a superar seu medo de gatos! Ela se sentava e falava com ele quando o via relaxando do lado de fora", contou a dona, Jodi McCree.

Em um dos seus passeios, George acabou demorando mais que o comum, deixando a sua dona super preocupada.

“Fui de pijama dar uma olhada no meu bairro com um saco de guloseimas chamando por ele”, disse McCree ao The Dodo. “Eu estava desarrumada e recebi alguns olhares de outros vizinhos.”

Nesse momento, McCree se deparou com uma situação cômica: George estava na janela de um apartamento vizinho. Embora ele estivesse em um ambiente confortável e seguro, George ficou observando a sua mãe rindo do lado de fora como se dissesse 'ei, você não vai me tirar daqui não?'

“Ele parecia um pouco confuso sobre por que eu não o estava deixando sair, e sim apenas rindo dele. Ele tinha água e a opção de petiscar ração para cachorro. Meu vizinho tem um cachorro super fofo que se dá bem com os gatos daqui”, declarou a dona.

Aparentemente com tudo sob controle, George teve que ficar trancado na residência alheia por mais cinco horas, já que a proprietária havia saído. Felizmente, depois do cativeiro, George finalmente se reuniu com a sua dona. Contudo, ele deve ter pensado mais vezes sobre visitar os vizinhos sem avisar.

Veja o vídeo:

Gatos e o talento de desaparecerem

Se tem uma coisa que gatos sabem fazer é desaparecerem sem deixar rastro algum, deixando os donos preocupados e às vezes desesperados pela demora do retorno. Esse comportamento é comum nos felinos e tem explicação. Se o gato tem acesso a uma área externa, é provável que já tenha estabelecido seu território: uma zona geográfica que pode ter dezenas de quilômetros! Na realidade, não é apenas uma zona, mas sim várias zonas delimitadas: uma para caça, outra para “fazer o seu negócio”, outra para descansar… E é certo que este território inclui o seu quintal e o dos vizinhos.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com