Cão pug ganha pulseira da amizade para combinar com donos e resultado é muito 'iti malia'

Por
em Notícias

A pandemia do novo coronavírus trouxe várias mudanças para o cotidiano. Uma delas foi trancar muita gente em casa. Por culpa disso, um casal de Michigan, Estados Unidos, decidiu fazer pulseiras de amizade. Quem acabou ganhando uma também foi seu simpático cachorro pug. As fotos compartilhadas online do animal usando a pulseirinha não podiam ter ficado mais fofas, digo, 'iti malia' (a expressão é comumente utilizada por internautas para descrever coisas fofas, como pets e presentes kawaii, por exemplo).

O casal Andrew e Adriana Simon utilizaram de seu confinamento para fazer pulseiras de amizade. Aproveitaram o tempo livre e confeccionaram uma para quem mora com eles também: seu pugzinho Crouton.

“Nós ficamos entediados, então minha esposa e eu fizemos pulseiras de amizade, incluindo uma para o Crouton” - disse o rapaz.

Andrew, que é analista contábil, divulgou as pulseiras no grupo Dogspotting Society e já conseguiu juntar mais de 9 mil reações no Facebook e ultrapassou mil comentários.

Eu não sei o que é melhor, o fato de vocês terem feito pulseiras de amizade e incluírem o doguinho, ou o fato que o nome dele é Crouton” - eu gostei do nome, é exótico.

“Eu acredito firmemente que pugs deveriam ter nome de comida (ou de pessoas)” - para quem não sabe, crouton é o nome daquele pãozinho assado que acompanha a sopa. Não sinta vergonha se você não sabia, eu tive que pesquisar para trazer essa informação.

“O NOME DELE É CROUTON” - muitas pessoas comentaram isso. Claramente eu sou gastronomicamente inculto por ter que pesquisar o que crouton é.

Pug pug pug

Pugs são amados pelos brasileiros. Então aqui vão algumas curiosidades sobre essa raça tão adorada!

  • Tudo indica que essa raça é oriunda da China, tendo fortes relações com a raça chamada lo-sze;
  • A “Ordem do Pug” foi uma seita religiosa criada depois do banimento dos maçons em 1740. Para entrar, casa membro tinha que beijar a bundinha de um pug de porcelana e depois teria de criar hábitos como latir, arranhar a porta no lugar de bater nela e usar coleira. Não é muito difícil descobrir porque desapareceu. E sim, ela foi banida também;
  • Todos sabem o quanto a Rainha Elizabeth II é apaixonada pelos cães da raça corgi. Já a Rainha Victoria, que foi rainha do Reino Unido e da Irlanda, amava os pugs, tanto que proibiu a prática de cortar as orelhas de cachorros para fins meramente estéticos.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Estudante de jornalismo que é apaixonado por tudo que tenha super-heróis, dragões e faroeste (ele se pergunta todo dia quando que vai lançar um filme misturando os três). Gosta de ler, com um favoritismo em fantasia (por que será?) e adora ver séries em geral. Ama estudar sobre criatividade e sociologia. Tem uma doguinha perfeita e sem defeitos chamada Athena. Também gosta de cinema e matar tempo nas redes sociais vendo memes.