Menino de 10 anos que suplicou para devolverem sua cadelinha roubada finalmente a reencontra

Por
em Notícias

Em um ato de covardia, ladrões roubaram um veículo modelo Duster com uma cadelinha pinscher dentro, no último dia 20, em Senador Vasconcelos, no Rio de Janeiro.

O roubo aconteceu em frente a casa de Sueli Fernandes e foi presenciado pelo seu filho Ricardo Júnior, de apenas 10 anos. Segundo o portal de notícias Extra, a cachorrinha estava voltando do veterinário, o pai do menino parou na garagem, abriu o portão, mas não seguiu em frente pois tinha uma bicicleta obstruindo a passagem, nesse período o assaltante apareceu armado. Não deu tempo de tirar a pinscher do carro e ela nem latiu. Acredita-se que o assaltante tenha percebido a cachorrinha quando já estava longe.

Ricardo é muito apegado à Pantera, portanto Sueli disse que ele estava extremamente abalado com o seu desaparecimento. Em um vídeo publicado nas redes sociais, de partir o coração, Ricardo suplicou a devolução da sua cadelinha.

“Quem estiver com a minha cachorrinha, eu imploro a vocês, que me mandem a minha cachorrinha. Por favor, gente, estou sofrendo muito, me ajude”, disse Ricardo em um trecho do vídeo.

Atualização

Graças a repercussão do caso, felizmente Pantera foi localizada nesta quarta-feira (24) em Santíssimo, na Zona Oeste do Rio. De acordo com a tia de Ricardo, Maria Jussara Torres, ela foi encontrada por um rapaz que entrou em contato com a família.

“Um rapaz encontrou ela perto da Eterj (Escola técnica do Rio de Janeiro) e nos enviou fotos. Fomos lá checar e era mesmo a Pantera. Ela já está em casa e está muito bem”, comemorou Jussara.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com