Conheça Negão, o cachorro vira-lata que viralizou após pedir carinho para motoboy

Por
em Notícias

O cachorrinho vira-lata, chamado Negão, tem feito sucesso nas redes sociais após um vídeo seu ter viralizado nos últimos dias.

Os cães são conhecidos por não gostarem de motoqueiros e ciclistas. E não tiro a razão deles, ver uma canela de fora em movimento é uma atração e tanto para uma bela mordida. Só que o caso do Negão foi diferente.

Danilo Ricci estava em uma sinaleira fechada na Zona Oeste de São Paulo, perto do Parque Villa-Lobos, quando uma cena logo a sua frente lhe chamou a atenção. Um vira-lata porte médio recebendo carinho de um motoqueiro enquanto aguardava a sinaleira abrir.

O rapaz não perdeu a oportunidade e logo começou a gravar. É possível ouvi-lo cantando comovido com a cena um trecho da música 'Será que é amor', do sambista e compositor Arlindo Cruz. Durante a espera para o sinal abrir, o cãozinho ganha muito carinho do entregador do aplicativo 'I Food'.

"A cara dele! O nenê ganhando muito carinho enquanto o sinal não abre", disse Danilo no vídeo.

A expectativa estava na hora do sinal abrir: será que o cãozinho correria atrás? Nada disso. O motoqueiro partiu e o cãozinho retornou para calçada. Muito fofo!

Confira:

O vídeo obteve mais de 14 mil visualizações e 246 comentários na postagem original. E com a repercussão da cena, grandes perfis nas redes o repostaram, um deles chegou a alcançar 248 mil visualizações e 541 comentários encantados com o cachorrinho.

"O cachorro é uma graça, mais lindo ainda a atitude do motoqueiro. Hoje em dia o normal seria fazer o cachorro se afastar, não encher ele de carinho. Lindo gesto!", elogiou uma.
"Que amor!", exclamou outra.
"Simplesmente apaixonada por esse vídeo! Parabéns pela sensibilidade em registrar esse momento", elogiou uma terceira.

Conheça Negão

Comovido com a cena, Danilo voltou ao local no dia seguinte e encontrou o vira-latinha. Muito simpático, o cachorrinho veio até o rapaz pedir carinho e cafuné.

Descobriu-se que ele tinha dona, chamada Andressa, e que também possui quatro irmãos: a Nega, Pandora, Pingo e Betoven. O último, infelizmente, está com a orelha inflamada.

A família mora na praça perto da sinaleira. Sem recursos, sobrevivem com doações. A mulher vai para a sinaleira pedir donativos e o Negão também a acompanha.

O queridinho chega a pular nas portas dos carros pedindo ajuda e, assim, garantir a sua comida diária.

O rapaz solidário ajudou Andressa como pode e pediu ajuda para quem mora na região para ajudá-la também ou entrar em contato pelo seu Instagram, para ver a melhor forma de contribuir com a família e os doguinhos.

Para saber mais sobre o encontro de Danilo e Negão, confira o vídeo abaixo:

NOVO VÍDEO NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE:

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo