Homem não desiste de encontrar seu cão perdido e o reencontra 5 anos depois (vídeo)

Por
em Cães

O médico aposentado do Exército dos EUA, Michael Joy, não imaginava que encontraria seu labrador, Sam, que havia sumido no verão de 2016 em Fort Benning, Geórgia. Mas, uma ligação de quase 1.300 Km de distância tornaria o sonho uma realidade.

O amor verdadeiro vence barreiras. E foi o que aconteceu com Michael e Sam, que passaram anos longe um do outro, mas que por obra do destino se reencontraram.

O cachorro havia desaparecido num período em que Michael havia sido recrutado. O homem quando voltou para casa, logo tratou de procurar Sam em todos os abrigos de animais locais, mas nada. E desde então não desistiu de encontrá-lo.

“Eu falei pra minha mulher, 'ei, vou encontrar esse cachorro' ... Nunca parei, ainda sigo as páginas dos abrigos para o caso de ele aparecer”, disse Michael ao WTSP.

O tempo passou e o homem teve que se mudar com a sua família para Clarksville, Tennessee, por conta do trabalho. Mas seu coração sempre permaneceu na lembrança de Sam.

No dia 2 de abril, a 1300 Km de distância, a polícia da Divisão de Polícia de Cleveland, Ohio, encontrou Sam como um vira-lata e o levou para o Centro de Cuidados e Controle de Animais de Cleveland, City Dogs Cleveland. A equipe fez uma avaliação médica, vacinou-o e escaneou-o em busca de um microchip e, ao saber quem era o dono, entrou em contato com Michael.

O homem não tem o hábito de atender número que não conheça, mas aquela chamada ele pressentia ser especial.

“Quando recebi o telefonema pela primeira vez, pensei 'Não sei do que você está falando. Nunca estive em Ohio. Tem certeza que ele é meu cachorro? Você pode descrevê-lo?' E ela disse que ele tem cabelo castanho claro e eu fiquei tipo 'Espere um pouco. Você não pode estar falando sobre o mesmo Sam'”, disse Michael.

Assim que desligou o telefone, sua filha perguntou o que havia acontecido, o que o homem respondeu que haviam encontrado Sam. E que a família partiria imediatamente para o outro estado em busca do peludinho.

Toda a família se preparou para a longa viagem de 8 horas. A única preocupação de Michael era se Sam o reconheceria, já que sua aparência estava mudada.

Ao chegar no abrigo, Sam ficou desconfiado de início, mas quando sentiu o cheiro e ouviu a voz do seu amigo, logo o reconheceu. O reencontro não poderia ser mais emocionante. Confira:

Sam não demorou para se acostumar com a família novamente, sendo o cão gentil, calmo e afetuoso de cinco anos atrás. Esse é o tipo de história que emociona!

Com certeza vale o lembrete de como é importante manter uma coleira de identificação ou microchip no bichinho de estimação. Caso ele se perca, facilitará muito a pessoa que encontrá-lo a localizar o dono.

Vídeo: jovem adota filhote doente que cresce e vira um pit bull gigante

VOTE NO AMO MEU PET COMO MELHOR PERFIL PET:

Estamos concorrendo ao Prêmio iBest desse ano. Contamos com seu apoio para chegarmos no TOP 10 de perfis selecionados.

Acesse o link clicando aqui e deixe seu voto.

Após 24 horas, você pode votar novamente!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo